Polícia Civil faz operação contra tráfico e prende 13 pessoas no Rio

Imagem: O movimento

Imagem: O movimento

A Polícia Civil do Rio de Janeiro deflagrou hoje (15) a Operação Cidadania, que visa cumprir 17 mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão expedidos pela Justiça. A operação ocorreu nas comunidades de Manguinhos, Mandela/Arara, na zona norte e em outros pontos da capital fluminense. Segundo a 21ª Delegacia de Polícia (DP), em Bonsucesso, responsável por cumprir os mandados, 13 prisões foram efetuadas, e a operação continua até que os quatro mandados restantes sejam cumpridos.

Uma das principais prisões foi a de Karen Cristina da SIlva, esposa do traficante Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, conhecido como Marcelo Piloto, ex-chefe do tráfico no Complexo de Manguinhos e foragido desde o início deste ano. Ela foi encontrada em casa, no Morro do Urubu, em Pilares, na zona norte. Segundo a Polícia Civil, Karen era a responsável pela negociação no tráfico de drogas e por manter a liderança de Marcelo Piloto na comunidade.

O delegado da 21ª DP, Delmir da Silva Gouvea, disse que a operação foi planejada durante seis meses e é de extrema importância, pois “desarticula um grande braço de liderança do tráfico”.

A ação contou com a participação de agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e do Departamento Geral de Polícia da Capital. Além das prisões, os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão em  presídios do estado.

Fonte: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *