Investigação aponta possível desvio de doações na Cruz Vermelha do Brasil

 

(foto: Wikimedia- Commons)

(foto: Wikimedia- Commons)

A Cruz Vermelha Brasileira teria desviado dinheiro de campanhas humanitárias, revela uma auditoria encomendada pela Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha, com sede em Genebra.

Segundo a investigação, os desvios foram de doação para socorrer vítimas das enchentes no Rio de Janeiro, do tsunami no Japão, e dos conflitos na Somália, revelou hoje (25) o jornal “Folha de São Paulo”.

A entidade desviou R$ 212 mil nas duas primeiras campanhas e R$ 1,6 milhão na última, valores transferidos para a ONG que pertence à mãe de Anderson Marcelo Choucino, vice-presidente da Cruz Vermelha à época que foram feitas as transações.

Já outra parte das doações, R$ 523 mil, foi investida em fundos de aplicação.

Fonte: Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *