Funcionário Público é preso por publicar foto de adolescente nua na internet e WhatsApp

Crimes sexuais pela netA Polícia Civil de Piracanjuba-GO prendeu nesta quinta-feira, 3 de julho, um funcionário público da cidade, suspeito de crime sexual pela internet, pela Operação “Cyber crimes sexuais”.

Segundo o delegado Vicente de Paulo Silva e Oliveira, Leandro Silva Oliveira foi preso em flagrante por publicar fotos de mulheres, duas irmãs maiores e uma adolescente de 14 anos, na internet e WhatsApp, em situação vexatória de nudez e sexo explícito forjado, ou seja, montagens com as fotos das mulheres nuas sobrepostas sobre outras.

O delegado afirma que várias denúncias contra tais publicações virtuais chegaram até a PC. Foram seis meses de investigações. No WhatsApp, as fotos eram postadas num grupo denominado “Putas da Mirta”, do qual Leandro era administrador, além de uma página no facebook.

Crimes sexuais pela net2Com Leandro foi apreendido um telefone celular e um notebook. Na memória do celular foram encontradas as fotografias publicadas (das mulheres maiores de da adolescente menor), bem como outras de cunho erótico e sexual explícito com envolvimento de pessoas com aparência infantil, provavelmente menores.

Localizou-se, ainda no celular, montagens eróticas envolvendo os Jogadores de Futebol da Seleção Brasileira. Em seu interrogatório o indiciado, na presença do advogado, confessou ser o administrador do grupo em que foram feitas as publicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *