PM apreende fuzil, rádios e joias e três são conduzidos

Lúcia Helena Porfírio Souza, Maike de Souza Santos e Renato Braga Silva foram conduzidos

Três pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Patos de Minas após uma denúncia anônima indicar que um fuzil, furtado há alguns dias, em uma residência no bairro Jardim Califórnia, estaria escondido em uma casa na rua João Gonçalves da Silva, no bairro Novo Horizonte. No local a polícia abordou Renato Braga Silva, de 22 anos, que acabou confessando estar com a arma em casa. O fuzil foi encontrado atrás de um guarda-roupa.

Os policiais encontraram ainda uma caixa com diversas jóias e relógios, notas de peso mexicano, diversas munições e três rádios transmissores. A suspeita é que o fuzil seja o mesmo furtado há cerca de um mês, quando os ladrões levaram também uma grande quantidade de jóias.

Materiais apreendidos na casa de Renato Braga Silva

Renato Silva negou ter furtado os objetos e disse que foi no mato fazer as necessidades fisiológicas e acabou encontrando o fuzil. Ele foi preso e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil para prestar esclarecimentos. Maike de Souza Santos, de 19 anos, estava no local e também foi conduzido. A mãe dele, Lúcia Helena Porfírio Souza, de 34 anos, desacatou os policiais e também foi levada.

Além da posse ilegal de arma de fogo e da suspeita de furto, Renato Silva ainda poderá sofrer outra punição. Eles consumiam e forneciam bebida alcoólica para dois adolescentes de 17 anos que estavam na residência.

Maurício Rocha/Patos Hoje

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *