Estado demite ex-agente penitenciário acusado de homicídio

Decisão foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (24)

Decisão foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (24)

Tiago Lucas Ferreira, indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar), foi demitido de suas funções como agente penitenciário contratado. A extinção do contrato dele com o Estado foi publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (24). Segundo a assessoria de imprensa, não há interesse do Estado não em manter um funcionário que tenha problemas com a Justiça, principalmente dessa gravidade.

Na noite de Reveillon, 31 de dezembro de 2010, por volta das 23h, o ex-agente penitenciário teria matado o jovem Rafael Marques de Oliveira, 16 anos, com um tiro no abdômen, disparado de sua arma particular de dentro do presídio. A vítima estava com amigos soltando bombinhas na rua do Desafio, bairro São Francisco, em Uberlândia, próximo ao presídio Professor Jacy de Assis.

Relembre o caso de homicídio.
Relembre a reconstituição do crime.
Relembre o indiciamento do ex-agente.
Relembre instauração de sindicância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *