Desacordo comercial por suposto ‘programa’ termina na Delegacia

Mulher disse que o homem pagou com o celular por um programa

Na madrugada desta sexta-feira (4), um homem e uma mulher foram conduzidos à Delegacia por desacordo comercial. Takasay Fukuadafoi até a 171ª Cia de Polícia Militar, no Terminal Rodoviário Castelo Branco, acusando Maria Bernardes Bonifácio de ter roubado o celular dele. A mulher disse que ele deu o aparelho como pagamento por um programa, pelo qual ela cobra R$ 50.

“Ele me deu o celular em troca do programa e veio me denunciar como “ladrona”. Agora eu quero o dinheiro, porque ele chamou a polícia”, disse a mulher. Fukuada nega as acusações de Maria Bonifácio. “Ela que chegou me agarrando. Eu não fiz nada”, disse o homem, sem especificar detalhes.

O Soldado Souza Alves, da PM, encaminhou os envolvidos para a delegacia por desacordo comercial. “Tendo em vista que não entraram em acordo, foi feito o boletim e eles foram levados à presença do delegado”.

Afirmando ter transtorno bipolar, Maria Bonifácio, ficou nervosa com o videorrepórter e bateu com a carteira na câmera. Em seguida, o convidou para almoçar na casa dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *