Capital de giro da Caixa ultrapassa R$ 1 bi mensal em contratações

Empréstimo pode ser solicitado pelo caixa automático, aplicativo de smartphone e internet banking (Imagem: Ana Nascimento/Caixa)

Empréstimo pode ser solicitado pelo caixa automático, aplicativo de smartphone e internet banking (Imagem: Ana Nascimento/Caixa)

Cerca de 183 mil micro e pequenas empresas contrataram, neste ano, o empréstimo Giro Caixa Fácil, da Caixa Econômica Federal. A linha de crédito é destinada aos empreendimentos com faturamento de até R$ 15 milhões anuais.

Segundo a superintendente nacional de Estratégia para Micro e Pequeno Empreendedorismo, da Caixa, a contratação é fácil. “O cliente vai antes até a sua agência, leva toda a documentação necessária e deixa o crédito pré-aprovado”, explica.

A partir daí, o empréstimo pode ser solicitado via qualquer canal eletrônico: caixa automático, aplicativo de smartphone e internet banking. Com R$ 10,1 bilhões de saldo, a linha representa a maior operação de capital de giro da Caixa no segmento de micro e pequenos empreendedores.

Desde setembro, o volume de contratação mensal do Giro Caixa Fácil dobrou para pouco mais de R$ 1 bilhão.

Além de ser uma época do ano em que empresas tradicionalmente buscam mais crédito para fazer frente a custos trabalhistas (13º, férias) e ampliar estoques, Eugênia ressalta que o resultado está ligado a uma ação específica do banco, que enviou mensagens aos clientes lembrando-os dos limites pré-aprovados.

“À medida que você vai pagando as parcelas, o limite vai se recompondo e você pode contratar novamente a diferença. Muitas vezes, a empresa está pagando direitinho, mas esquece disso”, diz.

Além da facilidade, a linha também oferece condições atrativas. Os empréstimos, com teto de R$ 2 milhões e valor médio de R$ 65 mil, têm taxas de juros a partir de 1,49% ao mês, dependendo do relacionamento com a Caixa, e prazo de 24 a 60 meses.

Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *