Estado lança sistema mais econômico e transparente de reserva de passagens e diárias

SCDP-MG foi lançado nesta quarta-feira, em evento na Cidade Administrativa. (Imagem: Marcelo Sant'Anna/Imprensa MG)

SCDP-MG foi lançado nesta quarta-feira, em evento na Cidade Administrativa. (Imagem: Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG)

O Governo de Minas lançou o novo Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP-MG), que promete revolucionar a gestão de passagens e diárias dos servidores do Estado. Cedido gratuitamente pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o SCDP-MG irá agilizar, otimizar e tornar bem menos burocrático o processo de reservas para o servidor que precisa viajar a trabalho.

O novo sistema entra em operação a partir desta quinta-feira (15/9) e será de uso obrigatório para todos os servidores civis da administração direta autárquica e fundacional. Podem aderir também ao sistema os poderes Legislativo, Judiciário e as empresas dependentes do Tesouro estadual.

O lançamento ocorreu nesta quarta-feira (14/9), no auditório Juscelino Kubistchek, na Cidade Administrativa, e contou com palestra do secretário de Gestão do Ministério do Planejamento, Gleisson Cardoso Rubin, que falou sobre inovação no serviço público.

Participaram também do evento o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; o controlador-geral do Estado, Eduardo Martins de Lima; e o presidente da Prodemge, Paulo Moura, entre outros.

Parceria

Helvécio Magalhães afirma que a implantação do SCDP-MG é fruto de uma parceria entre os governos Federal e Estadual. Colaboração esta que, segundo ele, deve ser mantida em todas as esferas de governo e entre as secretarias e órgãos estaduais.

“É preciso buscar iniciativas que possam ser construídas em um contexto de muitas dificuldades financeiras pelas quais passam Minas Gerais e o Brasil. Neste sentido, o SCDP-MG é um exemplo, pois irá gerar economia de gastos públicos, mais eficiência da administração estadual e possibilitará ainda mais controle e transparência pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE)”, destaca o secretário

Para o controlador-geral, Eduardo de Lima, o SCDP-MG é uma ferramenta que irá contribuir de forma significativa para internalizar a gestão da coisa pública e que ajudará a reduzir custos ao mesmo tempo em que se destacará pela integralidade e confiabilidade das informações.

“Seremos exemplos para todo o país, visto que somos pioneiros ao adotar esse sistema entre todos os estados brasileiros”, afirma Lima.

Já o gestor do Núcleo de Serviços Administrativos do Centro de Serviços Compartilhados (CSC), Rodrigo Ferreira Matias, enfatiza o fato de o sistema ser totalmente integrado e eletrônico.

“Além de realizar as compras das passagens, o sistema também é responsável pelas aprovações das chefias imediatas e dos ordenadores de execução financeira (o servidor não vai precisar mais acessar o Sistema Integrado de Administração Financeira – Siaf) e faz a prestação de contas, tudo eletronicamente, sem necessidade de papel”, explica.

A economia de gastos também é outra importante vantagem do SCDP-MG. Com a cessão do sistema pelo Governo Federal, o Estado economizou cerca R$ 4,2 milhões caso tivesse que adquirir o programa.

“A administração estadual irá investir apenas R$ 200 mil relativos ao custo de incorporação, que ficará a cargo da Prodemge”, acrescenta Matias. O Estado também irá economizar com o armazenamento de contêineres para guardar documentos impressos. O cálculo é de R$ 100 mil por ano a menos de gastos.

Outra vantagem do SCDP-MG, segundo Rodrigo Matias, é que ele conta com perfis que permitem o controle diretamente dos gastos realizados pelos servidores, com as informações sendo incluídas diretamente no Portal da Transparência.

“O sistema também garante maior eficiência e ganho de tempo e confiabilidade nos dados e é bem menos burocrático, já que para utilizá-lo é pedido apenas o CPF do servidor e o trecho da viagem solicitada”, informa Matias.

Uma facilidade a mais do sistema diz respeito às viagens em grupo. Basta o cadastro de um único servidor para realizar as reservas dos demais, contando apenas com o número de CPF dos outros colegas de viagem, como, por exemplo, o Encontro de Conselheiros Municipais.

Passagens com desconto

Para 2017 está prevista a segunda etapa do sistema, que consiste no Módulo de Compra Direta de Passagens Aéreas, o que vai possibilitar uma economia de aproximadamente 25% no custo total das passagens.

“Também será possível para o Estado negociar diretamente com as empresas aéreas nos casos em que houver muitos servidores viajando para um mesmo evento. Tudo isso resultará em ganho de tempo e qualidade no trabalho do servidor”, afirma o gestor do CSC.

O novo sistema não esqueceu um aspecto importantíssimo desse tipo de transação online, a segurança, pois todas as aprovações se darão exclusivamente por meio da utilização de certificado digital das autoridades competentes.

Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *