Justiça determina recall de mais de 800 veículos

(Imagem: Memória/EBC)

(Imagem: Memória/EBC)

A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Cidadania (Senacon/MJC) informa que Peugeot Citroën do Brasil Automóveis Ltda. protocolou campanha de chamamento dos veículos Citroën, modelo C4 Lounge, e Peugeot, modelos 308 e 408.

Os modelos indicados apresentam possibilidade de falha do sistema de freio, com risco de acidentes e danos materiais e físicos aos ocupantes dos veículos e a terceiros.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Citroën C4 Lounge

Segundo informações a empresa fabricante, a campanha de recall, com início do atendimento em 1º de setembro de 2016, abrange 420 automóveis produzidos no período de 5 de janeiro a 5 de maio de 2016. Eles foram colocados no mercado de consumo com numeração de chassi, não sequencial, compreendida entre os intervalos GG520898 a HG502941.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança dos consumidores, a Citröen destacou que “foi constatada uma possibilidade de falha no processo de montagem do diafragma do servofreio”. Nessa condição, poderá ocorrer “a perda de vácuo do sistema de assistência de frenagem, afetando sua eficiência, endurecendo o pedal do freio e aumentando a distância da frenagem, gerando risco de acidente com possibilidade de danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo e/ou a terceiros”.

Peugeot, modelos 308 e 408

Segundo informações da Peugeot, a campanha de recall, com início do atendimento em 1º de setembro de 2016, abrange 328 automóveis, modelo 308, produzidos no período de 31 de dezembro de 2015 a 4 de abril de 2016; e 114 veículos, modelo 408, produzidos entre 16 de janeiro a 17 de março de 2016, colocados no mercado de consumo, com numeração de chassi, não sequencial, compreendida entre o intervalo GG018848 a GG023552, para os veículos Peugeot 308; e GG019305 a GG021756, para os veículos Peugeot 408.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança dos consumidores, a Peugeot destacou que “foi constatada uma possibilidade de falha no processo de montagem do diafragma do servofreio”. Nessa condição, poderá ocorrer “a perda de vácuo do sistema de assistência de frenagem, afetando sua eficiência, endurecendo o pedal do freio e aumentando a distância da frenagem, gerando risco de acidente com possibilidade de danos físicos e/ou materiais aos ocupantes do veículo e/ou a terceiros”.

Serviço

Para obter mais informações junto às fabricantes, acesse:
– Citröen, por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente Citröen, pelo telefone 0800 011 8088, ou pelo site www.citroen.com.br.
-Peugeot, por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente Peugeot, pelo telefone 0800 703 2424, ou pelo site www.peugeot.com.br.

Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *