Mais de 650 instituições de ensino ofereceram atendimento gratuito à sociedade

Uipi NotíciasMais de 650 instituições de ensino superior (IES) de todo o país aderiram à 11ª edição da Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular. Segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES), que promove a campanha, os números superam os do ano passado, quando 639 instituições participaram da campanha.

Realizada anualmente desde 2005, a campanha deste ano ocorreu entre os dias 14 e 19 de setembro. O objetivo é promover ações voluntárias na comunidade. Participam tanto instituições privadas quanto públicas e aquelas vinculadas ao Sistema S. As ações são promovidas por professores, técnicos e estudantes.

Neste ano, foram registradas mais de 6 mil atividades gratuitas à população em diversas áreas, como educação, saúde, cultura e meio ambiente. Em dez edições. foram feitos mais de 10,3 milhões de atendimentos à população, e a expectativa dos organizadores do evento é que neste ano a campanha supere a marca de 11 milhões de atendimentos gratuitos. Apesar de o prazo oficial da campanha ter terminado no dia 19, muitos estabelecimentos de ensino decidiram estender as ações da campanha até o final do mês de setembro.

De acordo com a ABMES, os destaques deste ano foram palestras motivacionais e salas de emprego que buscavam abordar o momento econômico desfavorável que o país enfrenta.

A campanha foi concretizada depois da Lei 10.861/2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Pela legislação, a contribuição à inclusão social, ao desenvolvimento econômico, à defesa do meio ambiente, da memória e do patrimônio cultural e da produção artística passou a fazer parte da avaliação das instituições de ensino superior. Quando mal avaliadas, tais instituições podem sofrer sanções.

Aquelas que participam da campanha são certificadas com o Selo Instituição Socialmente Responsável, reconhecendo a importância do vínculo entre o universo acadêmico e a comunidade.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *