Rio permanece em estágio de atenção por causa de previsão de chuva forte

Ilustrativa

Ilustrativa

O município do Rio continua em estágio de atenção, anunciado às 6h50 desta sexta-feira (5), por causa da previsão de chuva forte na capital durante a tarde e na noite desta quinta-feira. Outros municípios do estado também podem ser atingidos. De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, nesta tarde houve registros de chuva forte na Barra da Tijuca, em Santa Cruz, Sepetiba e Guaratiba, na zona oeste da cidade. Na Grota Funda e no Recreio dos Bandeirantes a chuva foi moderada.

Além da chuva, houve rajadas de vento moderado a forte e descargas atmosféricas. Às 18h, o vento atingiu 53,6 quilômetros por hora (km/h), na estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na Restinga da Marambaia.

O estágio de atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

Por causa da previsão de chuva forte, a prefeitura do Rio montou esquema especial, com a mobilização de funcionários e de equipamentos. Desde a noite de ontem (4), cerca de 3.200 servidores da Secretaria Municipal de Conservação (Seconserva), da Defesa Civil, da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), do Rio Águas, da Guarda Municipal, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) e do Centro de Operações Rio estão de prontidão, com medidas de prevenção e para atuar no caso de temporal.

Nas comunidades foram mobilizados 3.250 agentes comunitários nas 103 áreas que integram o Sistema de Alerta e Alarme da prefeitura, composto por regiões com maior probabilidade de deslizamento.

Como costuma ocorrer nesses casos, a prefeitura recomenda que a população permaneça ou procure um local seguro e evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos. Além disso, se notar trincas ou abalo na estrutura, a Defesa Civil deve ser acionada pelo número 199. O morador deve sair do imóvel.

Quem vive em áreas de risco precisa ficar atento aos alertas sonoros, porque o acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. A orientação é se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199.

A Secretaria de Estado de Defesa Civil do Rio montou, no Centro Integrado de Controle e Comando (Cicc), no centro da cidade, um gabinete de crise para monitorar as condições do tempo. O diretor do Departamento Geral de Defesa Civil do Estado, coronel Paulo Renato Vaz, disse que embora o estágio de atenção seja para as regiões serrana e metropolitana, além da Baixada Litorânea, todo o estado está incluído na previsão de chuva moderada a forte para esta noite e amanhã (6).

Os técnicos da Defesa Civil do estado estão em contato permanente com o Instituto Estadual de Ambiente (Inea), responsável pelos alertas hidrológicos. Eles estão também em contato com agentes de defesa civil dos municípios, enviando atualizações do monitoramento feito por hidrólogos, geotécnicos e meteorologistas no Cicc. A secretaria informou que bombeiros das 110 unidades operacionais do estado permanecem em regime de prontidão.

Fonte: Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *