Após 14 horas de greve, trabalhadores entram em acordo e transporte público volta a funcionar

Depois de 14 horas de paralisação do transporte público de Uberlândia, o impasse foi resolvido temporariamente no final da tarde desta segunda-feira, 27 de outubro.

O Sindicato dos trabalhadores no transporte coletivo urbano de passageiros de Uberlândia (Sinttrurb) e o Sindicato das empresas de transporte de passageiros do triângulo mineiro (Sindett) chegaram a um acordo em reunião realizada nesta segunda-feira, 27 de outubro, no Ministério Público do Trabalho.

Os trabalhadores decidiram suspender a greve até que as reivindicações propostas por eles sejam aceitas pelas empresas de ônibus.

Os motoristas e cobradores pedem que as empresas viabilizem o cumprimento de sete horas seguidas de trabalho e o fim da folga cinco por um, quando os empregados trabalham cinco dias e folgam um dia, o que dificulta que a folga aconteça nos fins de semana.

Atualmente a frota de Uberlândia conta com 420 veículos que cobrem 122 linhas, e segundo o assessor da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (Settran), Divino dos Santos, apenas 30% deste total funcionou segunda-feira (27) durante a paralisação o que deixou os pontos lotados durante quase todo o dia.

Vinícius Romário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *