Papa afasta cardeal conservador de corte católica

 

 

O cardeal Raymond Leo Burke é considerado um dos membros mais conservadores do clero norte-americano (foto: Wikimedia Commons)

O cardeal Raymond Leo Burke é considerado um dos membros mais conservadores do clero norte-americano (foto: Wikimedia Commons)

O cardeal norte-americano Raymond Leo Burke confirmou no domingo (18) que será removido do cargo de prefeito do Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica pelo papa Francisco, posto que ocupa desde 2008.

A revelação foi feita pelo religioso em entrevista ao jornal “National Catholic Reporter”, dos Estados Unidos. O periódico perguntou a Burke quem tinha o avisado da remoção. Ele respondeu com a frase “Quem vocês acham?”.

Considerado um dos membros mais conservadores do clero norte-americano, o cardeal é conhecido pela sua interpretação rígida da doutrina católica. Durante os trabalhos do Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família, no Vaticano, Burke chegou a acusar um suposto “bloqueio das minorias” que seriam contra aberturas em relação a homossexuais e divorciados.

“Existe um número consistente de bispos que não aceitam as ideias de abertura, porém poucas pessoas sabem disso”, declarou recentemente. 

Fonte: Ansa Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *