Aeroportos terão o dobro da capacidade projetada para 2014, diz ministro

Aeroportos terão o dobro da capacidade projetada para 2014, diz ministroO governo federal estima que, em 2014, os aeroportos brasileiros estarão “muito à frente” da demanda projetada para pousos, decolagens e número de passageiros. De acordo com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, nestes quesitos a capacidade corresponderá a praticamente o dobro das necessidades. A preocupação, segundo ele, é com a modernização de serviços, a fim de reduzir, por exemplo, o tempo que o passageiro leva para se deslocar da aeronave ao saguão do aeroporto ou para ter acesso à bagagem.

“As obras aeroportuárias e a modernização dos aeroportos brasileiros vão deixar o Brasil praticamente com o dobro da capacidade em relação à demanda projetada para 2014”, disse o ministro durante uma entrevista.

Segundo ele, a principal preocupação do governo está relacionada à modernização de serviços e à operação aeroportuária. “Queremos reduzir o tempo do passageiro para ter acesso à bagagem, para chegar ou sair do avião e do aeroporto, para decolar.”, acrescentou, após participação no programa.

O ministro reiterou que a transparência nas contas das obras previstas para as copas das Confederações e do Mundo representa uma grande ferramenta de fiscalização para a sociedade e para os órgãos de fiscalização.

“O TCU [Tribunal de Contas da União] acompanha todas as obras da Copa [de 2014] nas unidades sede e todos recursos de origem do governo federal, no caso dos empréstimos do BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social] para a Copa do Mundo e para os estádios. Temos a CGU [Controladoria-Geral da União] acompanhando passo a passo, além dos tribunais de contas dos estados e de municípios. Temos, ainda, o Portal de Transparência da Copa, para onde destinamos todos dados e informações à população”, disse Rebelo.

Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *