Cientistas argentinos criam plástico comestível

O plástico é resistente e pode ser usado para proteger alimentos, depois, ingerido

Cientistas argentinos criaram um material que pode ser uma alternativa para o uso do plástico e até determinar o fim para a polêmica das sacolinhas.

Um plástico resistente, que pode ser usado para proteger os alimentos e depois se transformar em comida, graças ao material, que é feito de milho e mandioca.

Mas se a opção for descartar o plástico após o uso, o meio ambiente também estará a salto, já que a invenção é totalmente biodegradável, e se desintegra no contato com a terra.

Um gel de plástico, também foi inventado, e pode ser aplicado nas frutas com um pincel, que depois de seco, o “plástico líquido” impede que as maças e bananas apodreçam. O produto também é comestível, mas caso não queiram comer, basta lavar o alimento para que a proteção saia.

SBT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *