3º Mutirão do Direito a Ter Pai é realizado em Uberlândia

Três serviços foram oferecidos pela Defensoria Pública

Três serviços foram oferecidos pela Defensoria Pública

O 3° Mutirão de Direito e Ter Pai acontece nesta sexta-feira (18) na sede da Defensoria Pública. Segundo o Coordenador local da Defensoria Pública, Fernando Orlan, três serviços foram oferecidos à população no mutirão. O primeiro é o reconhecimento voluntário de paternidade, com a modificação imediata da documentação, já que um posto do cartório de registro civil foi montado na sede da Defensoria.

O segundo serviço é o de exames laboratoriais para não haver dúvidas em relação à paternidade. O material para os exames também é colhido na sede da Defensoria, por meio de um convênio com um laboratório de análises. O serviço é gratuito, mas somente para as pessoas pré-cadastradas. O terceiro serviço é voltado para as investigações de paternidade para os casos dos pais que foram notificados e não compareceram.

De acordo com Andréia Tonet, coordenadora Defensoria Pública Geral de Minas Gerais, que acompanhou a abertura dos trabalhos, o maior desafio da Defendoria Pública é o de conseguir profissionais para ocupar os cargos de Defensores Públicos. Andréia Tonet também recebeu o título de cidadã honorária de Uberlândia pela Câmara Municipal de Vereadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *