Nacional e Chapecoense: unidos pela solidariedade

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

A noite de quarta-feira, 30, estava reservada às emoções da primeira partida da final da Copa Sul-Americana. A tragédia de Cerro Gordo interrompeu a trajetória terrena de 71 pessoas e instalou a dor em nossos corações. Mas, no exato momento em que a bola deveria rolar, as torcidas de Atlético Nacional e Chapecoense nos deram demonstrações de esperança e fé.

Na Arena Condá e no Atanasio Girardot, mais de 100 mil pessoas, dentro e fora dos estádios, se reuniram para homenagear as vítimas do acidente aéreo ocorrido na madrugada na última quarta-feira, 29.

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

Enquanto o sofrimento insiste em machucar o espírito dos familiares, amigos e pessoas que comoveram-se com a tragédia, a solidariedade que emanou de Chapecó e Medellín, certamente, fez um afago na alma de todos que precisam de apoio e força nestes dias tão difíceis.

Os torcedores da Chapecoense lotaram a Arena Condá para o “Tributo Verde e Branco”, uma vigília de solidariedade pelas vítimas e uma corrente de fé pela recuperação dos sobreviventes. Os nomes foram entoados e cantos se somaram às orações em uma noite de homenagens.

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

(Imagem: Twitter de Federico Gutiérrez / Prefeito de Medellín)

No Atanasio Girardot, balões brancos foram levados ao ceú, enquanto eram pronunciados os nomes de todas as vítimas, entre jogadores, convidados, jornalistas e tripulantes. Autoridades colombianas e brasileiras, acompanhadas da delegação do Atlético Nacional, ficaram no gramado, consolados pela energia que vinha das arquibancadas.

A CBF mantém toda a sua estrutura no apoio às famílias e à Chapecoense, com representantes trabalhando nos dois países, em conjunto com as mais diversas instituições, nesta corrente de solidariedade.

Aos colombianos, fica o nosso muito obrigado! Essa noite de carinho não será esquecida!

Homenagem Sub-17

A Seleção Brasileira Sub-17 prestou uma homenagem às vítimas do acidente aéreo. Reunidos para a disputa do Nike Frendlies 2016, as equipes Sub-17 do Brasil, Turquia e Portugal realizaram um ato em nome das vítimas e seus familiares. O Brasil estreia na competição nesta quarta-feira, 30, contra a Turquia, e ainda enfrentará Portugal, no dia 2, e Estados Unidos, no dia 4.

CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *