Manoel Flores, diretor de competições, faz balanço da Série B 2016

(Imagem: Lucas Figueiredo/CBF)

(Imagem: Lucas Figueiredo/CBF)

Equilibrada, competitiva e cada vez melhor. Essa é a Série B do Campeonato Brasileiro, que terminou neste sábado, 26. Em Goiânia para a cerimônia de entrega da taça do campeonato ao Atlético-GO, o diretor de competições da CBF, Manoel Flores, fez uma avaliação geral sobre o torneio.

– A Série B teve mais um ano de muita emoção, muito bem organizada. Ela sempre tem sido competitiva, com muita coisa para ser definida na última rodada. Esse ano não foi diferente – analisou.

Entre os detalhes da organização do torneio, Manoel destacou a realização do protocolo antes dos jogos, algo que havia sido implementado na Série A em 2015, e foi expandido para a Série B.

– É uma competição que passou por um processo de organização interessante esse ano, repetindo o protocolo que já vinha sendo implementado na Série A. A gente está feliz com o resultado, e é mais uma competição para a conta.

A Série B começou no dia 13 de maio e teve fim neste sábado, 26. Foram 380 partidas de muita emoção, que culminaram com o Atlético-GO campeão, além de Avaí, Vasco da Gama e Bahia classificados para a Série A em 2017. Na parte debaixo da tabela, caíram para a Série C: Joinville, Tupi, Bragantino e Sampaio Corrêa.

CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *