Brasil estreia com derrota no rúgbi em torneio feminino

(Imagem: Wander Roberto/Exemplus/COB)

(Imagem: Wander Roberto/Exemplus/COB)

A seleção brasileira feminina de rúgbi de sete fez sua estreia em Olimpíadas com derrota. Em partida disputada sob sol forte na manhã deste sábado, dia 6 de agosto, no Estádio de Deodoro, o Brasil não suportou a experiente e qualificada seleção da Grã-Bretanha e acabou perdendo por 29 a 3 no início do torneio dos Jogos Rio 2016. Com um drop gol, a pilar Raquel marcou os primeiros três pontos da seleção brasileira em Jogos Olímpicos. As britânicas anotaram três trys (cinco pontos cada) e duas conversões (dois pontos cada).

Logo mais, às 17h30, as Tupis voltam a campo para enfrentar o Canadá. O último compromisso desta primeira fase pelo Grupo C será contra o Japão, jogo que é considerado fundamental para as pretensões do Brasil no torneio. Para a segunda fase, classificam-se os dois primeiros de cada chave e os dois melhores terceiros colocados de cada grupo.

Ainda extasiada com a estreia olímpica, a half-scrum Edninha esbanjava alegria e otimismo apesar da derrota para as britânicas. Segundo ela, passado o nervosismo inicial, a equipe poderá render melhor contra as canadenses. “A torcida compareceu, nos deu apoio, e agora é descansar e entrar ainda mais ligadas contra o Canadá”, disse Edninha.

A também half-scrum Paulinha ficou impressionada com a estrutura do Estádio de Deodoro. Segundo ela, é do mesmo nível dos demais estádios utilizados nas etapas do Circuito Mundial de Rúgbi de Sete. Sobre o jogo, ela confessou que faltou poder de finalização ao time brasileiro. “Tivemos maior posse de bola no primeiro tempo, mas não soubemos chegar ao gol adversário. As britânicas foram mais decisivas”, resumiu Paulinha.

COB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *