Natação brasileira competirá nos seis revezamentos das Olimpíadas

FINA confirmou a entrada do 4x200m livre masculino e 4x100m medley feminino. (Imagem: Divulgação/CBDA)

FINA confirmou a entrada do 4x200m livre masculino e 4x100m medley feminino. (Imagem: Divulgação/CBDA)

Agora é oficial. A natação brasileira contará com seus seis revezamentos nos Jogos Rio 2016. Nesta sexta-feira, a FINA confirmou a entrada dos revezamentos 4x200m livre masculino e 4x100m medley feminino na primeira Olimpíada a ser disputada em solo sul-americano.

Os outros quatro revezamentos brasileiros já estavam garantidos pela classificação entre os 12 primeiros no Mundial de Kazan, em agosto passado, na Rússia: 4x100m livre feminino e masculino, o 4x100m medley masculino e o 4x200m livre feminino.

Nos Jogos Olímpicos haverá 16 quartetos em cada prova de revezamento. Assim, os quatro países restantes de cada prova seriam escolhidos entre os melhores tempos no período de 1º de março de 2015 a 31 de maio de 2016, com exceção dos 12 já garantidos.

Os revezamentos brasileiros entraram com os tempos de 7m11s15 (4×200 livre masculino) e 4m02s52 (4x100m medley feminino), que deram as medalhas de ouro e bronze ao Brasil, respectivamente, nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015.

Com a confirmação das vagas, a equipe brasileira cresce em mais três nomes. Um deles é André Pereira, do Grêmio Náutico União (1m48s72), como quarto integrante do 4x200m livre masculino, ao lado de Nicolas Oliveira, João de Lucca e Luiz Altamir Melo.

Os outros são Natália de Luccas, do Corinthians (1m01s11), e Jhennifer Conceição, do Pinheiros (1m08s31), para completar o time do 4x100m medley feminino, nos estilos costas e peito, respectivamente, ao lado de Larissa Oliveira (estilo livre) e Daiene Dias (borboleta).

Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *