Vôlei de Praia do Brasil busca mais títulos no Sul-Americano

Vôlei de Praia busca mais títulos na argentinaA primeira de duas paradas em sequência na Argentina foi com dobradinha e muito sucesso para as duplas brasileiras do vôlei de praia. Agora, na etapa de Vicente Lopez, distrito de Buenos Aires, a expectativa é de que a dose seja repetida na sexta etapa do Circuito Sul-Americano 2015/2016. E novamente serão quatro parcerias representando o país: Andressa/Victoria e Duda/Elize Maia no feminino, e Guto/Saymon e Adrielson/Matheus Maia, no masculino.

O torneio terá início nesta sexta-feira, com transmissão das partidas pela internet, e segue até domingo. Na etapa anterior, disputada em Morón, também distrito de Buenos Aires, Guto/Saymon e Duda/Elize Maia ficaram com a medalha de ouro. A fase brasileira no torneio é excelente: ouro feminino nas últimas quatro etapas seguidas, e três vezes consecutivas com os homens.

A sexta etapa da temporada será jogada em um complexo localizado na costa de Vicente Lopez e, além dos jogos, serão realizados shows de música, arte e performance. O primeiro dia de competições, na sexta-feira, conta com 24 jogos da primeira fase. O sábado terá os últimos jogos da primeira fase e as quartas de final, enquanto semifinais e disputas de medalha ficam reservadas para o domingo.

O Brasil lidera o ranking geral do torneio masculino após a disputa das cinco primeiras etapas, tendo somado 840 pontos até agora, seguido pela Argentina, com 820. O ranking feminino também tem a liderança verde e amarela com 900 pontos, seguido pela Venezuela, que soma 700 pontos.

Além de resultados, a Confederação Brasileira de Voleibol também busca a renovação e oportunidade aos novos atletas. Por isso, para a temporada 2016, uma dupla em cada naipe nas etapas do torneio continental é formada por atletas da categoria sub-23, ou seja, nascidos em ou após 1º de janeiro de 1994.

As outras vagas pertencem as duplas masculina e feminina mais bem classificadas no Ranking de Entradas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia (Guto/Saymon e Duda/Elize Maia).

O ranking é feito apenas para os países, contando apenas a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada etapa. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, e reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte. Após Vicente Lopez, o circuito segue para Assunção, capital do Paraguai, de 15 a 17 de abril.

Fonte: Confederação Brasileira de Vôlei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *