Cruzeiro vence o Guarani e garante melhor campanha

Cruzeiro vence o GuaraniO Cruzeiro não encantou na primeira fase do Campeonato Mineiro, mas alcançou seu objetivo. Neste domingo, a Raposa venceu o lanterna Guarani por 2 a 0, no Mineirão, e garantiu a liderança da primeira fase da competição. Os gols foram marcados por Alisson e Sánchez Miño, ambos no primeiro tempo. Com o resultado, o time do técnico Deivid chegou aos 26 pontos e não pode mais ser alcançado. 

Dono da melhor campanha, o Cruzeiro terá vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols, além de decidir em casa a partida de volta, inclusive se avançar à final do campeonato. 

Na última rodada, o Cruzeiro enfrenta o Boa Esporte, domingo, dia 10, às 16h, no Municipal de Varginha. Já o Guarani recebe o Villa Nova em busca de se livrar do rebaixamento. 

Superioridade celeste

A Raposa entrou em campo com uma formação mais ofensiva. Poupado pelo departamento médico, Henrique foi trocado por Elber. Com a entrada do meia, o time corrigiu um problema crônico de concentrar suas ações ofensivas pela esquerda.

Os primeiros minutos, contudo, foram de desatenção do Cruzeiro. Aos quatro, Fábio errou na saída de bola, entregou a pelota no pé do atacante Marcus Vinícius, que não aproveitou a boa oportunidade. Em seguida, o Guarani teve outra grande chance. Marcos Vinícius recebeu ótimo cruzamento de Romário, mas não conseguiu completar para o gol. 

Cruzeiro vence o Guarani 2Aos poucos, o Cruzeiro foi entrando na partida. Aos 21 minutos, em triangulação pela direita, Elber tabelou com Arrascaeta e encontrou Alisson no meio da área. O camisa 11 bate rasteiro e inaugurou o marcador: 1 a 0.

O gol deu mais tranquilidade ao Cruzeiro, que passou a controlar o jogo. A superioridade celeste se refletiu no placar com mais um gol. Aos 36 minutos, Sánchez Miño, de canhota, bateu falta com perfeição. A bola foi na gaveta esquerda, sem chances para Jordan: 2 a 0.

No segundo tempo, o time estrelado administrou o resultado e pouco produziu ofensivamente. As melhores chances foram duas bolas no travessão, uma com Alisson e outra com Elber. O Guarani, por sua vez, tentou dar mais força ofensiva ao time com as entradas de Junior Barros e Genalvo, mas o panorama não mudou. 

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *