Pior público: Só 5 mil assistiram Cruzeiro 2×1 Atlético-PR

Cruzeiro x Atlético-PRCom o Cruzeiro precocemente eliminado na Primeira Liga, o jogo contra o Atlético-PR, na noite desta quarta-feira, não teve muitos atrativos para os torcedores. Assim, a vitória da Raposa sobre o Furacão, por 2 a 1, de virada, registrou o pior público do novo Mineirão.

Conforme divulgado pela Minas Arena, apenas 4.476 acompanharam o duelo entre Cruzeiro e Atlético-PR. Até a noite desta quarta-feira, o pior público desde a reabertura do estádio, em fevereiro de 2013, havia acontecido em empate do Cruzeiro com o Mamoré, por 1 a 1, no Campeonato Mineiro de 2015. Naquela ocasião, foram 5.978 pagantes e 6.850 presentes.

No ano passado, a transmissão da partida contra o Mamoré em TV aberta para a capital mineira e o preço dos ingressos foram fatores que afastaram os torcedores do Mineirão. Nas bilheterias, os torcedores poderiam comprar as entradas nos valores entre R$ 50,00 e R$ 130,00. Já os sócios da categoria Cruzeiro Sempre tinham direito de comprar dois ingressos com 50% de desconto.

Já na noite desta quarta-feira, conforme o Cruzeiro já havia anunciado que faria em jogos como mandante na Primeira Liga, os ingressos tiveram preços reduzidos em relação às demais competições. Assim como na partida diante do Fluminense, os bilhetes mais caros para o jogo contra o Atlético-PR custaram R$ 50. Esse valor foi referente às entradas do setor roxo superior comercializadas em bilheterias e para sócios da categoria “time do povo”. 

Os associados cativos, que já têm entrada garantida nos jogos do clube como mandante, e os da categoria Cruzeiro Sempre puderam comprar quatro bilhetes, todos com 50% de desconto, a R$ 15. O desconto para os sócios “papafilas” foi de 10%, enquanto os associados “time do povo” pagaram o valor integral.

Anos anteriores

Se 2015 e 2016 tiveram jogos com públicos pequenos, em 2013, quando o estádio foi reaberto, todas as apresentações da Raposa foram acompanhadas por mais de 10 mil pessoas. O pior público foi registrado na vitória sobre o Villa Nova, por 1 a 0, na semifinal do Campeonato Mineiro, com 10.965 pagantes.

Já em 2014, apenas 6.304 pessoas pagaram para ver a vitória celeste sobre o Guarani, por 2 a 0, com dois gols de Willian, pelo Campeonato Mineiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *