Estudante mais rápido do Brasil bate recorde sul-americano

Jogos Escolares da JuventudeO mais rápido velocista dos Jogos Escolares da Juventude, etapa de 15 a 17 anos, é do Espírito Santo. Representando o Centro Castro Alves de Ensino, Paulo André Camilo de Oliveira completou os 100m rasos em 10s30 e estabeleceu os novos recordes sul-americano sub-18 e da competição. Com o resultado, o corredor ficou a 14 centésimos do índice olímpico. Em competição inspirada, o jovem também venceu os 200m rasos, com direito à quebra da marca do evento, que era de 21s70 e passou a ser de 21s08. As provas foram disputadas na pista de atletismo do estádio regional Willye Davids, em Londrina (PR), entre 13 e 15 de novembro. Os jogos começaram nesta terça-feira (17) e serão disputados os torneios feminino e masculino de basquete, handebol, futsal e vôlei do evento, que seguem até o sábado (21).

No atletismo desde 2013, Paulo Oliveira começou a correr por incentivo do pai, Carlos Oliveira, que é ex-velocista e atual treinador do jovem. “Eu jogava futebol, e, num determinado instante, meu pai me chamou para os treinos. Não foi nada forçado. Depois do primeiro campeonato municipal, vi que eu tinha talento e estou aqui nos Jogos Escolares. Estou feliz, mas não satisfeito já que meu objetivo é alcançar o índice olímpico. A tentativa fica para o ano que vem”, projeta o jovem de 17 anos, que vem evoluindo na prova ao longo da história dos Jogos Escolares. Em Belém 2013, ele queimou a largada e foi desclassificado; um ano depois, em João Pessoa 2014, ficou na oitava colocação. “Com foco, treinamento e fé em Deus, chegamos a este resultado, que dedico a minha mãe, Mari Serafim”, declara o campeão dos 100m rasos dos Jogos Escolares 2015.

Com mais de 25 anos dedicados ao atletismo, o pai de Paulo, Carlos Oliveira, já representou o Brasil no Mundial de 1986 e em competições sul-americanas. “Nada é por acaso, esse garoto é um abençoado e sempre gosta de se superar. A gente treina para uma coisa, e ele vai lá e faz melhor, seja no treino ou nas competições. Creio que ele consiga chegar aos Jogos Olímpicos e campeonatos mundiais com treinamento e muita fé em Deus. Paulo tem ambição na medida certa, é dedicado e focado e ainda vai dar muitas alegrias”, declara Paulo Oliveira, que já teve a melhor marca batida pelo filho. “No cronômetro manual, fiz em 10s20. Com a correção do tempo, que passa de 10s30, fiquei para trás”, diz, orgulhoso do rebento, o treinador.

Além do pai treinador, quem acompanhou de perto a prova e fez questão de parabenizar Paulo Oliveira foi o medalhista olímpico Vanderlei Cordeiro de Lima, embaixador dos Jogos Escolares da Juventude 2015. “Conheço a história de dedicação Carlos Oliveira; participamos de competições juntos. Ele sempre foi um exemplo e serve de estímulo para o filho. É a continuação de um sonho. Paulo André é uma grande promessa do atletismo e tem todas as condições, tem todo potencial para se tornar um grande atleta para o país. É focar nos treinamentos e conseguir os apoios necessários a seguir nesta longa jornada”, afirma o medalhista de bronze na maratona em Atenas 2014.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio da Prefeitura Municipal de Londrina e patrocínio máster da Coca-Cola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *