Pequena, catarinense se destaca entre os gigantes nos Jogos Escolares da Juventude

 

Ministério do Esporte

Ministério do Esporte

Com 1,61m de altura, a velocista Ludmila Maria Cardoso, da Escola Honório Miranda (SC), venceu os 100m rasos dos Jogos Escolares da Juventude 2015, etapa de 15 a 17 anos, neste sábado (14). Chamando a atenção por conta da baixa estatura, compensada pela agilidade nas pernas, a jovem conquistou a medalha de ouro ao completar a disputa em 11s87. As provas ocorrem no Estádio Willye Davids, até este domingo (15,) em Maringá, cidade paranaense que recebe as competições de atletismo do evento. As demais modalidades acontecem em Londrina.
 
Estreante em Jogos Escolares, Ludmila Cardoso se mostrou surpresa com o tempo alcançado na pista de Maringá. “Eu lanço o foco, tenho meus objetivos e espero me surpreender para ficar feliz nas provas. Mas eu não esperava atingir a marca de 11s87 tão cedo já que, na semifinal, corri em 12s21. Hoje é um dia gratificante e prazeroso. Agradeço muito a Deus por essa conquista e dedico esta medalha a todos que torcem de verdade por mim”, disse.

Elizandra Dantas Soares, da Escola Adelaide Tavares Macedo (AM), conquistou a prata com o tempo de 11s95. O bronze foi para Gabriela Silva Mourão, do Doutor Ulysses Guimarães (RJ), com 12s08.
 
Ex-jogadora de futebol, Ludmila Cardoso começou a praticar atletismo em janeiro de 2014. Com resultados expressivos em tão pouco tempo, a jovem decidiu se dedicar ao esporte, mas sem descuidar de outras atividades. “Treino de segunda a sexta, duas horas por dia, e concilio os compromissos esportivos com os estudos e o curso de inglês. É bastante corrido, mas gosto do que faço”, lembrou a jovem moradora de Gaspar, que realiza treinamento em Blumenau, distante 16 quilômetros. Aos 15 anos, a velocista ainda pode conquistar mais duas medalhas nesta edição dos Jogos Escolares nas provas dos 200m rasos e do revezamento medley com a equipe de Santa Catarina.
 
Quem acompanhou de perto as provas de atletismo realizadas foi o diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Edgar Hubner. Após a premiação, o também gerente geral de Juventude e Infraestrutura do Comitê Olímpico do Brasil conversou com Ludmila Cardoso e desejou encontrá-la em competições internacionais, destacando a próxima edição dos Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018. “No Pan de Toronto, uma jovem chegou perto de mim e disse ‘você não se lembra de mim, mas eu participei dos Jogos Escolares e hoje eu estou aqui, representando o Brasil’. Tratava-se da corredora alagoana Bruna Oliveira, que, há exemplo de outros atletas profissionais brasileiros, passou pelos Escolares. Se você continuar no caminho certo, vamos nos encontrar também, graças ao seu talento, a sua simpatia e a sua simplicidade. Continue assim”, disse Hubner à pequena e talentosa velocista.
 
Confira outros resultados das provas femininas:
 
400m rasos
Ouro – Jacqueline Alves – Alberto Santos Dumont (SP) – 56s59
Prata – Milena Dranka – Professor Roberto Grant (SC) – 56s90
Bronze – Giovana dos Santos – Florivaldo Leal (SP) – 57s54
 
100m com barreiras
Ouro – Kathelyn Nornerto – Escola Dora Matarazzo (MG) – 14s28
Prata – Vitória Alves – Colégio Adventista da Liberdade (SP) – 14s31
Bronze – Micaela de Mello – Escola Maria do Carmo de Souza (SC) – 14s41
 
Salto em distância
Ouro – Laís Abreu – Colégio Eniac (SP) – 5,86m
Prata – Milena Lopes – Doutor Ulysses Guimarães (RJ) – 5,84m
Bronze – Janaína Santos – Dom Idílio (PE) – 5,80m
 
Lançamento do disco
Ouro – Júlia Silva – Professor André Bogasian (SP) – 41,54m
Prata – Ingrid Martins – Dom Idílio (PE) – 38,89m
Bronze – Valquíria Meurer – Colégio Evolução (SC) – 38,23m
 
Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Organizações Globo, com apoio da Prefeitura Municipal de Londrina e patrocínio máster da Coca-Cola.

Fonte: COB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *