Brasil disputa Mundial de Judô com 18 atletas

judo brasilA partir do dia 24 de agosto a seleção brasileira de judô enfrentará o Campeonato Mundial de Astana, no Cazaquistão.  A equipe conta com 18 judocas, sendo 16 beneficiados pela Bolsa Pódio e dois pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte.

Com a presença de 129 países pré-inscritos, com 816 atletas, a competição será o último grande evento antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

No feminino, o Brasil contará com Sarah Menezes (48 kg), Nathália Brigida (48 kg), Érika Miranda (52 kg), Rafaela Silva (57 kg), Mariana Silva (63 kg), Maria Portela (70 kg), Mayra Aguiar (78 kg), Maria Suelen Altheman (+78 kg) e Rochele Nunes (+78 kg).

No masculino, Felipe Kitadai (60 kg), Eric Takabatake (60 kg), Charles Chibana (66 kg), Marcelo Contini (73 kg), Victor Penalber (81 kg), Leandro Guilheiro (81 kg), Tiago Camilo (90 kg), Luciano Correa (100 kg) e David Moura (+100 kg).

No primeiro dia do Mundial de Astana, quatro atletas brasileiros entram no tatame: Sarah Menezes e Nathália Brigida competem na categoria até 48 kg, enquanto Felipe Kitadai e Eric Takatabake lutam na categoria até 60 kg.

A categoria com o maior número de atletas é a leve, com 86 atletas no masculino e 61 no feminino. Caminho mais duro para Marcelo Contini e Rafaela Silva. “Esperava que a categoria fosse uma das mais cheias, mas não a mais cheia. Venho trabalhando em cima dessa possibilidade, me preparando fisicamente. Serão cinco ou seis lutas bem duras. É uma categoria bem equilibrada e nem os favoritos vão ter vida fácil. Acho que vai ser bem interessante e estou bem confiante, independentemente do número de inscritos”, avaliou Marcelo.

Por outro lado, David Moura, Maria Suelen Altheman e Rochele Nunes terão que lutar menos para chegar ao pódio. Na categoria pesado, somente 47 homens e 37 mulheres se inscreveram. “Minha preocupação não é com a quantidade e sim com a qualidade das atletas que vão estar nessa disputa. É uma competição com uma qualidade bem alta e eu estou focada para isso”, projetou Maria Suelen.

Ministério do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *