Brasil conquista resultado histórico no vôlei sentado – ouro e prata

Brasil conquista resultado histórico no vôlei sentadoAs seleções brasileiras de vôlei sentado conquistaram duas medalhas históricas no Parapan de Toronto. No masculino, o país confirmou seu favoritismo e se sagrou tricampeão da competição. Já na estreia do vôlei feminino em Jogos Parapan-americanos, a equipe brasileira conquistou a prata. Ambos enfrentaram os Estados Unidos na final.

O time masculino do Brasil não teve dificuldades para vencer os americanos na final do Parapan de Toronto e garantir seu terceiro ouro seguido na história da competição. A equipe brasileira, que já havia vencido por 3×1 na fase de grupos, fez 3×0 (25×19, 25×17 e 25×14) na final. “A gente veio do Brasil buscar o que era nosso, a medalha de ouro. O objetivo era não perder nenhum set, a gente perdeu um para os Estados Unidos (na primeira fase) só que hoje na final a gente mostrou para eles porque que a gente foi o segundo melhor time do mundo no M​undial do ano passado e atualmente é o melhor time de voleibol sentado no mundo”, d​isse o atacante Anderson.

Em seu primeiro Parapan, ele diz que essa medalha tem um gosto especial. “Vice-campeão mundial foi legal, mas, hoje, receber essa medalhinha aqui, não teme explicação. Até 2016, essa medalha vai ser a maior conquista.”

Já para Giba, que esteve presente nas três vezes que o Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio, a vitória da seleção só confirma o nível alto que o grupo atingiu. “Missão cumprida. A gente tem é que comemorar. Passa um filme na cabeça. Em 2007 Brasil não era favorito, escutamos um monte de coisa que só deixaram a gente mais forte dentro do Brasil… Cada conquista é um gosto diferente. E foi esse lindo jogo, 3×0, para não ter dúvidas do trabalho que estamos fazendo. Estamos num caminho muito forte.”

Mulheres estre​iam com prata

Na estreia do vôlei sentado feminino em Jogos Parapan-A​mericanos, as brasileiras chegaram à final e conquistaram a prata. As meninas do Brasil foram superadas pela equipe dos Estados Unidos por 3×0 (25×20, 25×22, 25×16). “A gente deu um trabalho legal, mas nossa expectativa era de ter ido melhor, de ter brigado pelo menos por um set. Chegamos bem perto, mas infelizmente não foi dessa vez”, avaliou a atacante Suelen Lima.

O time brasileiro já havia perdido para as americanas na primeira fase da competição, por 3×1. “A gente está feliz de todo jeito com a prata. Acho que é uma grande conquista. Agora é treinar cada vez mais para subir no pódio em 2016”, afirmou Suelen.

Mesmo com a derrota, o técnico José Guedes avaliou como positiva a participação brasileira em Toronto. “É um resultado bacana​,​ porque ​na final jogamos com uma equipe que é a segunda força no cenário internacional. Essas meninas dos Estados Unidos estão acostumadas a fazerem todas as finais de Paralimpíadas e campeonatos mundiais nos últimos oito anos. ​Foi nossa primeira final”, explica. “Tecnicamente e taticamente nós fizemos um jogo bastante parelho, mas com momentos oscilando do ponto de vista emocional,​ e isso foi determinante para o resultado final.”

O técnico explica que o objetivo agora é conseguir subir ao pódio no Rio. E que a prata conquistada nesta sexta-feira, 14, mostra que a equipe brasileira tem condições de cumprí-lo. “O primeiro e o segundo sets jogamos de igual para igual, mostrando que o Brasil tem condições técnicas e táticas de alcançar seus objetivos ano que vem”, justifica Guedes.

Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *