Brasil fecha 1º dia do Parapan de Toronto na liderança

 

Bocha

Bocha

Apenas um dia de competições e o Brasil já registra 18 medalhas conquistadas nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto. Com sete ouros, sete pratas e quatro bronzes, o país fechou o primeiro dia de disputas do torneio continental na liderança do quadro geral, tendo o México em segundo lugar (17 medalhas) e os Estados Unidos em terceiro (11).

Entre os 18 pódios brasileiros deste sábado (8.08), 12 foram faturados na natação, onde Daniel Dias já fez a sua estreia com o ouro – o vigésimo da carreira. As outras medalhas vieram do halterofilismo, do ciclismo de estrada e da bocha.

Natação
Um dos carros-chefe do Brasil no Parapan, a natação já trouxe 12 medalhas para o país logo em sua estreia, sendo três de ouro, sete de prata e duas de bronze. Grande estrela do país, o atleta Daniel Dias deu início à sua contagem de ouros em Toronto ao vencer os 100m livre (classe S5), em que fez dobradinha com Clodoaldo Silva, medalhista de prata. Felipe Caltran e Joana Neves também subiram ao topo do pódio nas provas 200m livre (S14) e 100m livre (S5), respectivamente.

Halterofilismo
A modalidade foi a grande responsável pela primeira medalha brasileira nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto. Maria Rizonaide, competindo com outras cinco atletas na categoria -50kg, foi superior desde a primeira rodada, levantou 73kg e garantiu a o ouro para o Brasil. Logo depois, Luciano Dantas foi superado apenas por atletas do Chile e de Cuba para ficar com a medalha de bronze. Ambos são estreantes no torneio continental. » Leia a matéria

Bocha
Modalidade que sempre traz medalhas para o país, a bocha não fez diferente em seu primeiro dia no Parapan de Toronto. Entre os três pódios disputados hoje, o Brasil conquistou duas medalhas de ouro e uma de bronze. Dirceu Pinto e os irmãos Eliseu e Marcelo dos Santos derrotaram México, Argentina e Canadá para chegarem ao topo do pódio da classe BC4. Na disputa por equipes (BC1 e BC2), ouro para Lucas Ferreira, Maciel Santos, Guilherme Germano e José Carlos de Oliveira. O bronze veio com a categoria BC3, na dupla formada por Antônio Leme e Daniele Martins.

Goalball
Campeã mundial em 2014, a seleção masculina de goalball já estreou com vitória em Toronto. A primeira partida foi contra a Argentina, com placar final de 11 x 6. As mulheres brasileiras, medalhistas de prata em Guadalajara-2011, também venceram neste sábado, diante das canadenses, por 3 x 1. » Leia a matéria

Rúgbi em cadeira de rodas
A seleção masculina do Brasil perdeu em seu primeiro jogo no rúgbi em cadeira de rodas. Enfrentando a forte seleção canadense, os brasileiros foram derrotados por 65 x 32. O time entra novamente em ação no domingo (9), às 22h30 (horário de Brasília), contra os Estados Unidos.

Ciclismo de estrada
O brasileiro Lauro Chaman faturou o ouro na prova de resistência de 80km (classe C5) na manhã deste sábado. Com o percurso encerrado em 1h58min, o ciclista chegou dois minutos à frente do colombiano Diego Bueñas, medalhista de prata. O dominicano Rodny Minier completou o pódio. Campeão em Guadaajara-2011, o brasileiro Soelito Gohr terminou a prova apenas com a sétima colocação.

Futebol de 5
Tricampeã paralímpica e bicampeã parapan-americana, a seleção brasileira de futebol de 5 manteve a supremacia durante a estreia em Toronto. Com goleada de 6 x 0, os brasileiros venceram o Chile em partida que teve o atacante Nonato como artilheiro, com quatro gols. » Leia a matéria

Futebol de 7
A Seleção Brasileira começou bem a fase de grupos do torneio. Na estreia, vitória tranquila em cima da equipe venezuelana, por 7 x 0. Wesley e Jonatas foram os destaques, com dois gols cada. O próximo adversário será a Argentina, na próxima segunda-feira (10), às 11h (horário de Brasília).

Vôlei sentado
Em 55 minutos de partida, a equipe masculina do Brasil venceu o México por 3 sets a 0, parciais de 25/9, 25/4 e 25/8. Amanhã as mulheres estreiam contra Cuba, às 12h (horário de Brasília). Os homens jogam novamente, desta vez contra os canadenses, às 18h.

Tênis de mesa
O Brasil já tem nove medalhas garantidas no individual após as partidas preliminares deste sábado. Amanhã, haverá a definição de duas categorias em que o país pode conquistar o ouro: Cátia Oliveira disputa a classe 1/2, e Danielle Rauen e Jennyfer Parinos jogam na classe 9/10.

Basquete em cadeira de rodas
Vitórias para o Brasil na estreia do masculino e do feminino no basquete em cadeira de rodas. As mulheres enfrentaram a equipe do México e, com Lia como o grande destaque, a seleção brasileira foi superior e fechou a partida em 58 x 31. O próximo adversário será a Guatemala, às 11h15 (horário de Brasília) deste domingo. No masculino, o Brasil venceu com ainda mais tranquilidade, fechando a partida em 114 x 40 contra Porto Rico. Amanhã (9), a equipe enfrenta a Colômbia às 13h30.

Tênis em cadeira de rodas
A dupla brasileira formada por Natália Mayara e Rejane Cândida venceu na estreia, em partida contra as mexicanas Rosalba Vázquez e Claudia Taboada, por 2 x 0 (6/3 e 6/3). Rejane joga novamente neste domingo, na disputa individual, contra a canadense Yuka Chokyu, às 15h (horário de Brasília). O dia também terá partidas dos brasileiros Carlos Santos e Daniel Rodrigues, que enfrentam adversários da Colômbia e de El Salvador, respectivamente.

Ministério do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *