Adriana Aparecida Silva é prata na maratona de 42 km

Adriana_Harry prataO Brasil começou bem sua participação no atletismo dos Jogos Pan-Americanos. Após uma prova desgastante, Adriana Aparecida da Silva conquistou, neste sábado (18.07), a medalha de prata na tradicional maratona feminina. O ouro foi para a peruana Gladys Tejena e o bronze ficou com a norte-americana Lindsay Flanagan.

Campeã em Guadalajara (2011) e dona do melhor tempo da prova (2h36m37s), Adriana chegou como favorita para a disputa nas ruas de Toronto. Mas a peruana mostrou força para surpreender, completar o percurso em 2h33min03 e cravar o novo recorde pan-americano. A brasileira fechou os 42km em 2h35min40s, seguida de perto por Lindsay Flanagan (2h36min30s).

O Brasil ainda foi representado na maratona feminina por Marily dos Santos. Ela terminou a prova na quinta colocação.

Após largar no sétimo lugar, entre as 17 competidoras, Adriana Aparecida da Silva subiu à quarta posição nos primeiros 15km de prova. A atleta, natural de Cruzeiro, interior de São Paulo, garantiu sua vaga no pódio nos 30km e foi para a vice-liderança nos 35km, deixando a norte-americana para trás. Gladys Tejena liderou de ponta a ponta.

Aos 33 anos, Adriana usou a prova de Toronto como preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016. “Estou muito feliz com o resultado. O nível das atletas aqui é bom. Consegui baixar o meu tempo em relação a Guadalajara e fiquei orgulhosa com a prata. O Pan é um teste importante para a Olimpíada. Ainda tenho um longo período de treinos para melhorar a minha marca”, explicou a brasileira.

A primeira prova nas pistas do Estádio Pan-Americano de Atletismo será terça-feira (21.07), com as eliminatórias do salto em distância masculino.

Ministério do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *