Após resultados ruins, Felipão pede demissão no Grêmio

Foto: EPA

Foto: EPA

Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico do Grêmio, informou o próprio clube nesta terça-feira (19). Além do treinador, deixam a comissão técnica seus auxiliares Flavio Murtosa e Ivo Wortmann e o preparador físico Darlan Schneider.

A decisão de deixar o clube gaúcho foi anunciada em uma reunião com o presidente da equipe, Romildo Bolzan Jr., e demais dirigentes gremistas. “Luiz Felipe não é mais técnico do Grêmio. Ele pediu demissão e disse que sua capacidade de avançar no elenco estavam concluídas”, destacou Bolzan.

Na terceira passagem pelo clube gaúcho, Felipão não conquistou nenhum título. Assumindo a esquadra logo após a Copa do Mundo, ele acumulou 51 jogos com 26 vitórias, 12 empates e 13 derrotas.

No Campeonato Brasileiro, a equipe não começou bem e acumula um empate e uma derrota.

Na primeira vez que dirigiu o Grêmio, o treinador conquistou o campeonato estadual de 1987. Já a segunda passagem foi a mais vitoriosa, conquistando os títulos da Copa do Brasil (1994), a Copa Libertadores (1995) e o Campeonato Brasileiro de 1996.

Fonte: Ansa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *