Ex-presidente do Santos levanta mais polêmica sobre contratação de Neymar pelo Barcelona

 

O jogador Neymar durante treino da seleção brasileira

O jogador Neymar durante treino da seleção brasileira

O ex-presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, levantou ainda mais polêmica em relação a contratação do jogador Neymar pelo Barcelona. 

“Nesses 90 milhões de euros estavam incluídos o dinheiro do cafezinho do pai do Neymar e uma orgia no hotel Piccadilly, em Londres. Porque ele (pai do Neymar) cobra qualquer coisa. Ele nunca me pagou um café. E eu paguei uns 200 cafés para ele. Então esses 90 milhões são exagerados. Isso inclui p…”, disse Luis Alvaro em entrevista à ESPN. “Achava que o pai do Neymar era meu amigo. Mas hoje não quero ver na frente do meu carro, pois senão ao invés de brecar eu acelero. Não estendo a mão para ele. E, se estender, é para dar uma porrada”, acrescentou o ex-presidente. 

As críticas de Ribeiro parecem dirigidas ao pai do jogador e não a Neymar. “O pai foi sacana. Mas o Neymarzinho é um garoto. Do bem, sorridente. Meu amigo. Aceitou ficar três anos comigo, pois o pai não queria. Sempre tivemos boa relação”, afirmou à ESPN.

O ex-presidente também explicou que a negociação com o Barcelona foi conduzida pelo vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues, atual mandatário do clube. “Eu passei a negociação do Neymar ao Odílio, pois estava doente. Não falei com um único espanhol. Nenhum. Não escutei sotaque ibérico durante os dois meses enquanto o Odílio negociava”, explicou. 

Ribeiro se afastou da presidência do Santos em 2012 devido a problemas de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *