Seleção de Conjunto de Ginástica Rítmica define nova formação

Givaldo Batista/CBGA seleção brasileira de ginástica rítmica de conjunto tem uma nova formação para 2014. Onze integrantes foram selecionadas para a equipe, após uma série de avaliações feitas em Aracaju/SE, onde se localiza o centro de treinamento da modalidade e onde ficarão concentradas durante o ano todo. As mudanças não foram muitas com relação ao grupo que vinha treinando e competindo até o ano passado. A novidade é a entrada de Eliane Sampaio, Haniely Leão e Pâmela Oliveira, três ginastas que vêm tendo bons resultados nas competições. Bianca Maia Mendonça e Dayane Amaral deixaram o grupo.

As novas atletas se juntaram a Beatriz Pomini Francisco, Débora Falda, Francielly Machado Pereira, Gabriela Paixão Ribeiro, Gabrielle Silva, Isadora Magalhães Silva, Mayra Gmach e Rafaela Costa. “As atletas que entraram ainda vão passar por várias avaliações antes de representar o país. Queremos formar um grupo forte e coeso, no qual as ginastas sejam completas. Além da habilidade, estamos focando em atletas que saltem e girem bem, que dancem bem e que tenham um bom domínio dos aparelhos. Temos muito trabalho pela frente”, disse a técnica da seleção de conjunto, Camila Ferezin.

A seleção se prepara para alguns compromissos extremamente importantes nesse ciclo, como o Pré Pan-americano, Jogos Pan-americanos e o Campeonato Mundial, primeiro passo para a classificação para os Jogos Olímpicos Rio 2016. “Com este grupo, podemos aumentar o nível de dificuldade das séries e aliando à criatividade das coreografias, vamos buscar resultados ainda mais significativos”, completou a treinadora.

No ano passado, a seleção conquistou um importante resultado na Copa do Mundo de Minsk, na Bielorrússia, com a inédita medalha de bronze nas três bolas e duas fitas. As atletas ficaram, ainda, em quinto na série com cinco pares de maças. Nos Jogos Olímpicos para atletas universitários, a Universíade, em Kazan, na Rússia, a equipe ficou na quinta colocação dos cinco pares de maças, das três bolas e duas fitas e no geral. Na Copa do Mundo de São Petersburgo, na Rússia o Conjunto brasileiro foi o 14º colocado no geral, o 12º nos cinco pares de maças e o 13º nas três bolas e duas fitas. Já no Campeonato Mundial, em Kiev, na Ucrânia, no geral, ficou na 12ª colocação. Nos cinco pares de maças foi o 15º, enquanto nas três bolas e duas fitas o 10º lugar.

Depois de todos esses resultados, a seleção brasileira de ginástica rítmica de conjunto conquistou um feito inédito para o Brasil e para a América Latina. Em 2014, o país será um dos participantes das Copas do Mundo pela categoria A da Federação Internacional de Ginástica (FIG). Apenas as 12 melhores seleções de conjunto do mundo têm vaga. Esse direito foi conquistado em virtude dos resultados atuais alcançados pela seleção.

COB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *