Cruzeiro empata em 0 a 0 com a Caldense, em Poços de Caldas

site oficial do Cruzeiro Na sua primeira partida fora de casa na temporada, o Cruzeiro conquistou um importante empate em 0 a 0, com o Caldense, em realizado no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas, neste sábado (1º).

Durante a maior parte da partida, a equipe da casa jogou fechada atrás, levando muito perigo nas jogadas de contra-ataque. A Raposa, por outro lado, buscou controlar o jogo através da posse de bola, porém teve muitas dificuldades com marcação adversária.

No final do confronto, o Maior de Minas pressionou um pouco mais a Caldense, mas acabou faltando um capricho final para tirar o zero do placar. Na próxima rodada, a Raposa enfrenta o Villa Nova-MG, nesta quarta-feira (05), às 21h, no Mineirão.

O Jogo

O Cruzeiro começou com tudo a partida em Poços de Caldas-MG. Logo no primeiro minuto, o atacante Willian recebeu bom cruzamento do lateral Egídio e finalizou rasteiro para boa defesa do goleiro Gilberto.

A resposta da Caldense veio dois minutos depois. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Ewerton Maradona que cruzou na cabeça do zagueiro Marcelinho. O defensor desviou levemente na bola, obrigando o goleiro Fábio a espalmar para a linha de fundo.

A partida ganhou em equilíbrio após os dois primeiros lances de perigo. As chances de gol voltaram a surgir apenas aos 18 minutos. Em nova jogada de bola área, o atacante Luis Eduardo cabeceou no cantinho e Fábio evitou o gol com uma defesa milagrosa.

Com 25 minutos, o Cruzeiro voltou a aparecer bem no campo de ataque. A defesa adversária falhou e Ricardo Goulart tentou de bicicleta, no entanto, o armador acabou pegando de canela, mandando a bola para fora.

A equipe estrelada voltou melhor para a etapa complementar. Mais tranquilos em campo, os jogadores celestes passaram a trabalhar melhor a posse de bola, impedindo que a Caldense pressionasse nos minutos iniciais.

Aos quatro minutos, o Cruzeiro bateu escanteio, a zaga não conseguiu afastar a bola e após um grande bate-rebate, o árbitro acabou marcando falta de Dedé. Seis minutos depois, Everton Ribeiro cruzou para Marcelo Moreno, que teve o seu chute travado pela defesa adversária.

A Caldense quase marcou aos 14 minutos. A bola chegou para o volante Maxsuel, que acabou sendo abafado pelo goleiro Fábio, que de maneira providencial mergulhou nos pés do volante, evitando o gol da equipe da casa. Quatro minutos, Ewerton Maradona cobrou falta na entrada da área e a bola explodiu no peito de Fábio.

Com 30 minutos, Lucas Silva arriscou de fora da área, o arqueiro deu rebote e ninguém apareceu para completar. Quatro minutos depois, a bola sobrou para Léo Andrade, que cara a cara com Fábio, chutou por cima.

site oficial do Cruzeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *