Stefano Arnhold é o Chefe da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014

CBDNO Comitê Olímpico Brasileiro (COB) definiu Stefano Arnhold, presidente da Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN), como o Chefe da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014, na Rússia. Esquiador máster, Stefano foi o Chefe de Equipe das modalidades de neve em três edições anteriores dos Jogos (Salt Lake 2002, Turim 2006 e Vancouver 2010) e Chefe de Missão nos Jogos Olímpicos de Inverno da Juventude Innsbruck 2012. Os Jogos Olímpicos de Inverno Sochi 2014 serão disputados entre 7 e 23 de fevereiro.

“Por todos os serviços prestados para os esportes na neve do Brasil e pela excelente administração que faz na CBDN, além da experiência em diversos Jogos Olímpicos de Inverno, Stefano Arnhold tem o perfil ideal para chefiar a Missão Brasileira em Sochi”, afirmou o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.  “Desde Albertville 1992, quando da primeira participação brasileira em Jogos de Inverno, o Brasil vem dando sinais de progresso. Para nós, Sochi 2014 é uma grande oportunidade para reforçar o compromisso do Comitê Olímpico Brasileiro com a promoção e o desenvolvimento dos valores do Movimento Olímpico, seja nos esportes de verão ou de inverno”, disse Nuzman.

Em Sochi, Stefano seguirá como Chefe de Equipe nas modalidades na neve, conciliando com as funções de Chefe de Missão. “Recebi com muita satisfação o convite para chefiar a Missão Brasileira em Sochi. Após ter ocupado este cargo nos Jogos Olímpicos da Juventude Innsbruck, em 2012, terei agora a responsabilidade, pela primeira vez, de comandar uma missão na principal edição de Jogos Olímpicos. Serão Jogos inesquecíveis, com incríveis duelos em várias modalidades”, disse Stefano. “O Brasil se preparou neste ciclo olímpico para fazer sua melhor participação em Jogos de Inverno e nossos atletas estão confirmando esta expectativa com uma sucessiva quebra de recorde em várias modalidades”, completou.

Em relação aos recentes atentados na Rússia, Stefano acredita que o Comitê Organizador dos Jogos e as autoridades russas garantirão toda a segurança aos atletas, oficiais e espectadores. “Os Jogos Olímpicos devem ser sempre lembrados como uma celebração da paz e harmonia entre diferentes povos e credos”, disse Stefano, citando os Jogos Olímpicos de Inverno Salt Lake 2002. “Aqueles Jogos foram disputados nos Estados Unidos, cerca de cinco meses após os atentados de 11 de setembro. Apesar de todo o aparato de segurança montado, com inspeções constantes, os Jogos transcorreram em plena tranquilidade. As medidas de segurança em todas as edições de Jogos Olímpicos que participamos foram suficientes para garantir a segurança dos membros da delegação brasileira e de todos que foram acompanhar a competição”, lembrou Stefano.

O presidente da CBDN cita a nona colocação da brasileira Isabel Clark no snowboard cross em Turim 2006 como seu momento mais marcante em Jogos de Inverno. “É quase impossível eleger um preferido, pois cada um teve emoções distintas. Mas o grande momento foi, sem dúvida, o nono lugar da Isabel Clark. Eu estava na linha de chegada e foi incrível vivenciar aquele momento do esporte brasileiro”, afirmou Stefano.

COB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *