Doda Miranda é 4º lugar no Global Champions Tour 2013

Doda Miranda termina em 4ª lugar no hipismo

Outro brasileiro na prova, Marlon Zanotelli, terminou na 16ª colocação

Foi encerrada neste fim de semana, em Doha, no Qatar, a edição 2013 do Global Champions Tour, considerado o maior circuito hípico do mundo. Durante doze etapas, cavaleiros e amazonas disputaram cerca de oito milhões de euros em prêmios. A grande final foi realizada no moderno Al Shaqab Equestrian Centre, em Doha e quem saiu de lá como grande campeão foi o jovem inglês Scott Brash, ouro por equipes em Londres 2012, que no dia de seu aniversário de 28 anos venceu o GP e garantiu o título da competição somando 203 pontos no Ranking. Com o resultado Brash tornou-se o cavaleiro mais jovem a levar o troféu de campeão do GCT. O brasileiro Doda Miranda terminou na quarta colocação do Ranking, que soma as 12 etapas, com 185 pontos.

O GP da final do Global Champions Tour teve obstáculos a 1.60m e foi disputado por 37 conjuntos. Onze conseguiram fazer pista limpa na primeira volta e três repetiram o feito na segunda volta: Scott Brash/ Hello Sanctos. Ludger Beerbaum/Chiara 222 e Marcus Ehning/Plot Blue. Num desempate eletrizante entre o jovem talento Brash e uma das maiores lendas vivas do hipismo, o alemão Ludger Beerbaum, 66 centéstimos definiram a vitória para Brash. O inglês terminou a pista com 43s17 contra 43s83 de Beerbaum. Marcus Ehning fez uma falta e ficou em terceiro.

O brasileiro Doda Miranda no dorso de AD Rahmannshof’s Bogeno cometeu uma falta em cada volta e terminou na 4ª colocação o GP. O outro brasileiro na prova Marlon Zanotelli montando Clouwni fez zero pontos na primeira e oito na segunda, terminando em 16º lugar. Já a amazona paulista que defende Portugal, Luciana Diniz, que havia virado em 4º lugar para a Final, cometeu 16 pontos com Lennox na 1ª volta e ficou em 7º lugar na Final do badalado circuito.

COB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *