BMX: seleção brasileira conquista resultados inéditos na Copa do Mundo

BMX seleção brasileira conquista resultados inéditos na Copa do MundoA Copa do Mundo de Supercross 2013 reuniu os melhores pilotos do mundo durante quatro etapas. A última etapa foi realizada no domingo, dia 29, na cidade de Chula Vista, nos Estados Unidos. Os brasileiros não se classificaram para a grande final, mas fizeram história e conquistaram resultados inéditos para o Brasil.

Os bons resultados começaram quando Bianca Quinalha se classificou entre as 16 melhores ciclistas para disputar o Time Trial na sexta. Bianca voltou a se destacar durante as competições do sábado e ao lado de Thaynara Morosini conseguiram avançar até as semifinais. Esta foi a primeira vez na história que o BMX feminino brasileiro participou com duas atletas competindo em uma semifinal.

“Apesar das meninas não terem conseguido disputar a grande final, aos poucos estamos conquistando boas performances. A cada competição conseguimos novos resultados inéditos para o Brasil que são vistos e reconhecidos pela comunidade do BMX Internacional”, afirma Guilherme Pussieldi, técnico da seleção brasileira de BMX.

O piloto olímpico Renato Rezende avançou até as quartas de finais, mas acabou tendo dificuldades na primeira reta e não conseguiu retomar as primeiras posições, ficando fora das semifinais. Renato terminou a última etapa na 25ª posição e na classificação geral o piloto conquistou um resultado inédito para o Brasil ao terminar na décima colocação geral da Copa do Mundo de Supercross. O brasileiro disputou o ranking contra 132 pilotos de vários países.

Priscila Carnaval foi a melhor brasileira na classificação geral, terminando na 16ª colocação. Em Chula Vista, Priscilla acabou se envolvendo em um acidente durante a primeira bateria das fases classificatórias e quebrou a mão, sendo obrigada a abandonar a competição. Bianca Quinalha foi a 17ª colocação na geral.

COB – Comitê Olímpico Brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *