São Paulo luta, mas acaba derrotado na Suruga

São Paulo luta, mas acaba derrotado na SurugaO São Paulo lutou, mas não conseguiu conquistar o título da Suruga. Nesta quarta-feira (7), no Japão, o Tricolor não se entregou e vendeu caro a derrota para o Kashima Antlers por 3 a 2. Após sair perdendo por dois gols de diferença, o time são-paulino foi buscar o gol de empate, mas no último minuto de jogo sofreu o tento que definiu a decisão.

Osako, três vezes, Paulo Henrique Ganso e Aloísio anotaram os gols da partida que contou com bom público no Kashima Soccer Stadium. O meio-campista são-paulino foi um dos grandes destaques da partida e comandou a jovem equipe tricolor, que entrou em campo com média de idade de 22,8 anos.

Sem contar com o zagueiro Rafael Toloi, o volante Fabrício, o meia Jadson e o atacante Osvaldo, além de Paulo Miranda (lesionado), mirando o duelo contra a Portuguesa no próximo domingo, pelo Brasileiro, o técnico Paulo Autuori apostou nos jogadores mais jovens e armou o time com Rogério Ceni; Douglas, Lucas Silva, Edson Silva e Reinaldo; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Ademilson e Aloísio.

O forte calor da cidade japonesa também dificultou a vida do Tricolor, no Kashima Soccer Stadium, e os anfitriões aproveitaram para marcar os gols no primeiro tempo e abrir vantagem. Atual campeão da Copa Sul-Americana, o São Paulo começou melhor no jogo e ficou mais tempo com a posse de bola. No entanto, nos contragolpes, os japoneses balançaram as redes e abriram dois gols de vantagem.

Embalado pela conquista da Eusébio Cup no último sábado, sobre o Benfica, o Tricolor tratou de criar as melhores jogadas da partida e, empurrado pela torcida são-paulina que compareceu em bom número, pressionou o rival nos primeiros minutos. Aloísio e Ademilson até chegaram perto de abrir o placar, mas foi Osako que balançou as redes aos 25 e 39 minutos.

Assim, as equipes foram para o intervalo com o Kashima na frente, por 2 a 0. No entanto, na raça e contando com a estrela do meia Paulo Henrique Ganso, o Tricolor mudou a postura no segundo tempo e deixou tudo igual. Pressionando o adversário e chegando com perigo, o São Paulo dominou as ações da etapa complementar e deu novo ritmo ao jogo.

Logo aos 13 minutos, o maestro são-paulino fez boa jogada e, da entrada da área, arriscou o chute. O arremate do camisa 8 foi certeiro e o Tricolor anotou o seu primeiro gol no jogo. Totalmente diferente do que aconteceu antes do intervalo, o time manteve os japoneses encurralados e, assim, chegou ao gol de empate.

O atacante Osako, da equipe dirigida pelo técnico brasileiro Toninho Cerezo, ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti, aos 18 minutos, e permitiu que o São Paulo chegasse ao empate. Aos 30, mais uma vez Paulo Henrique Ganso apareceu bem no campo de ataque e só rolou para Aloísio. Na pequena área, o atacante teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes e deixar tudo igual no Japão.

E quando os comandados de Paulo Autuori criavam as melhores jogadas e buscavam o gol da virada, novamente Osako esfriou as tentativas do Tricolor. Aos 47 minutos, após chuta de fora da área, a bola desviou no centroavante e traiu o goleiro Rogério Ceni, que nada pôde fazer.

Site Oficial do São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *