Tricolor bate Penapolense e mantém a liderança do Paulista

Mais uma vez o São Paulo mostrou elenco para brigar tanto no Campeonato Paulista quanto na Libertadores. Mesmo com o técnico poupando 11 jogadores neste domingo, o Tricolor foi a Penápolis, venceu o time da casa por 2 a 0 e se manteve na liderança do Estadual, agora com 22 pontos. Rhodolfo e Ademilson fizeram os gols do time.

Apesar de considerada reserva, quem olhava a escalação inicial do São Paulo contra o Penapolense encontrava jogadores como Rhodolfo, Fabrício, Maicon, Paulo Henrique Ganso, que sempre são apontados no time principal. Em campo, a equipe fez valer a sua força e conquistou uma vitória tranquila.

Triunfo que começou a ser escrito logo nos primeiros minutos de jogo, quando Rhodolfo abriu o placar. Foi o primeiro gol do camisa 4 em 2013. Na etapa final, Ademilson também deixou sua marca e decretou a vitória ao Tricolor. São dois pontos a mais do que Ponte Preta e Mogi Mirim, além de um jogo a menos. Foi a quinta vitória seguida da equipe no Paulista.

GOL RELÂMPAGO

Sem os principais jogadores, o São Paulo entrou em campo em Penápolis para manter a liderança do Paulista. E demorou apenas quatro minutos para a equipe tricolor mostrar a sua força no interior. Cañete cobrou falta da esquerda e a bola sobrou para Rhodolfo, que abriu o placar para o Tricolor.

O gol deu mais tranquilidade ao São Paulo, que apesar de jogar fora de casa contou com grande apoio da torcida. No entanto, durante os 45 minutos, as duas equipes não conseguiram criar grandes lances de perigo. Pelo lado são-paulino, Rodrigo Caio, Fabrício e Maicon foram bem no meio de campo.

LIDERANÇA MANTIDA

Na volta do intervalo, Ney Franco promoveu uma estreia no São Paulo. O atacante Wallyson entrou no lugar de João Filipe. Com isso, Rodrigo Caio foi deslocado para a lateral direita. Aos quatro minutos, o Penapolense chegou com perigo, mas Biro cabeceou para fora. O Tricolor respondeu no lance seguinte com Wallyson, que quase marcou no primeiro lance no novo clube.

Ademilson também por muito pouco não marcou. Aos sete minutos, a trave impediu que a bola entrasse no belo chute do camisa 11 de fora da área. Com cartão amarelo, Fabrício deixou o campo para a entrada do lateral-direito Lucas Farias. Com a mudança, Rodrigo Caio voltou para o meio de campo.

Em busca do empate, o Penapolense cresceu na partida, mas encontrou um paredão chamado Denis pela frente. O goleiro estava em ótima noite e fez grandes defesas. Já aos 25 minutos, Ademilson arriscou de fora da área e a bola fez um efeito, o suficiente para enganar o goleiro. Gol do camisa 11 tricolor. João Schmidt também foi a campo no lugar de Cañete. Com a vantagem, o Tricolor administrou até o apito final.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino se reapresentará na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Na quinta-feira, o Tricolor entrará em campo diante do Arsenal (ARG), no Pacaembu, pela terceira rodada do Grupo 3 da Copa Libertadores.

Site Oficial do São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *