Andrés Sanchez entrega carta de demissão à CBF

Andrés Sanches entregou carta de demissão na manhã desta quarta-feira e deixou a CBF

Andrés Sanchez entregou na manhã desta quarta-feira (28) a carta de demissão do cargo de diretor de seleções da CBF, ao presidente da entidade, José Maria Marin. Andrés disse ter ficado contrariado com demissão de Mano Menezes, ocorrida na última sexta, e na segunda-feira admitiu que a “tendência” era de que ele deixasse a CBF.

Sanchez teria se irritado com a dificuldade de conseguir uma reunião com Marin na última terça-feira. Assim sendo, ele decidiu informar seu pedido de demissão através de uma carta.

Andrés era homem de confiança de Ricardo Teixeira e perdeu força com sua queda, em março. Na época, ele chegou a ser apontado como nome forte para substituí-lo no comando da CBF. Na última segunda, o dirigente não descartou a possibilidade de concorrer à presidência da entidade em 2014.

Carlos Alberto Parreira, tetracampeão com a seleção nos EUA, é o mais cotado para assumir a tarefa de trabalhar na nova função.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *