Grêmio e Coritiba empatam no estádio Olímpico

Times empataram sem gols pela 32ª rodada do Brasileirão

Na noite deste sábado, diante de 25 mil torcedores no Olímpico, Grêmio e Coritiba empataram sem gols em jogo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar do domínio e da superioridade que duraram os 90 minutos, o Tricolor não conseguiu ultrapassar a barreira defensiva armada pelo adversário.

PRIMEIRO TEMPO:

O Tricolor chegou pela primeira vez ao9s 4 minutos: Julio Cesar, voltando à equipe, fez o cruzamento da esquerda. Zé Roberto ajeitou para Leandro, que dominou, cortou o marcador e chutou rasteiro. A bola desviou na defesa e saiu à esquerda.

Apesar do bom começo e o domínio sobre o adversário, o Grêmio só voltou a levar perigo aos 15 minutos: Kleber tabelou com Leandro pela esquerda, foi ao fundo de campo já dentro da área e cruzou rasteiro. Zé Roberto apareceu como centroavante, mas chegou um milímetro atrasado e não conseguiu empurrar a bola para as redes.

A postura defensiva dos visitantes dificultava a aproximação do Tricolor.

Aos 25 minutos, Zé Roberto recebeu na intermediária e mandou colocada, buscando o ângulo direito, aproveitando que Vanderlei estava adiantado. A bola encobriu o goleiro e passou muito perto do travessão. Seria um golaço!

O Tricolor criou sua melhor oportunidade até então aos 40 minutos: Pará deu um excelente passe para Leandro, entrando na área pela direita, atrás da zaga. Ele tentou tirar de Vanderlei, mas o goleiro fechou o ângulo e fez a defesa. A bola rebotou para Zé Roberto que chutou de primeira. O chute desviou na zaga e saiu à esquerda. Grande lance!

Foi a última oportunidade da primeira etapa que terminou sem gols e sem maiores incidências.

SEGUNDO TEMPO:

O que não fez durante todos os 45 minutos do primeiro tempo, o Coritiba fez em apenas dois minutos do segundo: Vinícius recebeu pela esquerda, invadiu a área e chutou cruzado, na saída de Marcelo Grohe. A bola passou rente ao poste esquerdo. Quase o gol dos paranaenses na primeira oportunidade que criaram na partida.

O Tricolor criou sua primeira oportunidade na etapa final aos 12 minutos: Kleber recebeu na intermediária e rolou na esquerda para Julio Cesar. O lateral avançou e chutou do bico da grande área. Vanderlei fez boa defesa.

Encontrando as mesmas dificuldades do primeiro tempo, Luxemburgo mudou o Tricolor em duas posições logo após o vigésimo minuto: entraram Bertoglio e Tony nos lugares de Fernando e Julio Cesar.

Aos 23 minutos, Elano recebeu cobrança de lateral e tentou surpreender chutando por cobertura. A bola encobriu também o travessão de Vanderlei saindo para tiro de meta.

Três minutos depois, Luxemburgo promoveu a última alteração na equipe: André Lima entrou no lugar de Leandro.

Mas foi o Coritiba que criou grande oportunidade aos 31 minutos: Everton Ribeiro foi lançado em profundidade, na grande área, pela esquerda. Ele ganhou de Tony e, mesmo sem ângulo, chutou forte. Marcelo Grohe fez uma grande defesa salvando o Grêmio.

O Tricolor respondeu forte, quatro minutos depois: Kleber fez o cruzamento rasante da direita. Vanderlei se atirou para afastar de soco. A bola sobrou dentro da área para Pará. Ele dominou e chutou forte. Ela desviou na zaga e saiu para escanteio.

Aos 37, Tony recebeu de Bertoglio na direita. Foi ao fundo de campo e cruzou com perfeição, no segundo pau. André Lima subiu e cabeceou para o chão, como deve ser. Ela deu na grama e encobriu a meta de Vanderlei. Foi por pouco!

No minuto final, Elano recebeu na entrada da área e chutou de canhota. A bola passou à esquerda.

O Coritiba ainda criou boa oportunidade nos descontos, mas o jogo ficou mesmo no empate sem gols.

Agora o Grêmio deixa de lado o Brasileirão e foca a Copa Sul-Americana. Na próxima quarta-feira, no Olímpico, às 22h, decide vaga nas quartas de final da competição contra o Barcelona de Guayaquil.

Site Oficial do Grêmio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *