Juliana e Larissa batem alemãs e vão às semifinais

Larissa foi o grande destaque da partida

As brasileiras Juliana e Larissa estão definitivamente na briga por medalhas no torneio de Vôlei de Praia dos Jogos Olímpicos de Londres. Neste domingo (05), as campeãs mundiais conquistaram a quinta vitória consecutiva na arena montada na Horse Guards Parade e, ainda sem perder sets, superaram as alemãs Sara Goller e Laura Ludwig por 2 sets a 0, parciais de 21/10 e 21/19, nas quartas de final da competição.

Na semifinal, marcada para terça-feira (07.08), em horário ainda indefinido, as brasileiras terão pela frente as norte-americanas Jennifer Kessy e April Ross, que nas quartas superaram Kristyna Kolocova/Marketa Slukova, dupla da República Tcheca que eliminou as brasileiras Talita e Maria Elisa, por 2 sets a 0, parciais de 25/23 e 21/18. O outro confronto será entre Kerri Walsh/Misty May, dos Estados Unidos, e Chen Xue/Zhang Xi, da China.

“Não foi fácil chegar até aqui, apesar de ainda não termos perdido sets. A primeira fase foi uma guerra, principalmente pela necessidade de adaptação e por termos que jogar muito bem. Na fase eliminatória, a emoção fica mais aflorada, principalmente pela nossa história. Estamos há oito anos esperando por isso e com esta vitória conseguimos dar um passo a mais rumo ao nosso objetivo”, comemora Larissa.

O jogo

A dupla brasileira impôs sua categoria logo no começo do jogo e, com bom desempenho de Juliana no bloqueio e no contra-ataque e muitos erros da dupla alemã, logo abriu 11/5 no placar. No bloqueio, Juliana ampliou para 15/7 e, depois, para 21/9. No final, Larissa fez uma largada curta para marcar 21/10 e fechar o set em favor do Brasil.

No segundo set, o domínio inicial foi das alemãs, que marcaram 4/1 com uma largada de Goller perto da rede. As brasileiras voltaram a pressionar as europeias e, com dois bloqueios de Juliana e três erros de Goller, retomaram o controle em 7/4. Em um contra-ataque bem colocado por Larissa, a vantagem brasileira saltou para 15/9. Na reta final do set as brasileiras passaram a cometer muitos erros e, com duas devoluções de primeira de Ludwig, viraram o jogo em 19/18. Com dois erros das alemãs, as brasileiras reverteram o placar no fim e fecharam em 21/19.

CBV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *