Brasil terá um finalista no Challenger do Rio Quente

 

O vencedor ganhará US$ 5 mil em prêmios e somará 80 pontos no ranking mundial

Os jogos desta sexta-feira do I Algar Telecom Rio Quente, valendo vaga na final do challenger goiano, serão também confrontos entre a experiência e a agilidade da nova geração. A diferença entre os adversários é de praticamente uma década. Thiago Alves, de 29 anos, enfrenta Guilherme Clezar, de 19 anos. Na sequência, o chileno Paul Capdeville, de 29 anos e cabeça de chave 1 do torneio, pega o argentino Andrea Collarini, de 20 anos, que joga pelos Estados Unidos. A final do torneio, com premiação total de US$ 50 mil, será sábado, também a partir das 11h, na quadra central do Rio Quente Resorts. O vencedor ganhará US$ 5 mil em prêmios e somará 80 pontos no ranking mundial.

Clezar derrotou Bruno Sant’Anna por 6/4 e 6/3 para chegar à sua primeira semifinal de Challenger. Feliz e confiante por avançar no torneio, Clezar lembrou que este tem sido um ano de transição, com prioridade em torneios da série Challenger. “Como disse, tem sido um ano de muito aprendizado, e poucas vitórias. Os dois últimos torneios perdi logo no início, mas aqui estou sacando muito bem e confiante. Espero continuar assim”, declarou. Thiago garantiu a vaga ao derrotar o gaúcho André Ghem por 3/6, 7/6 (5) e 6/4. Segundo ele, que disse ter vencido “na raça e no coração”a partida contra Ghem, seu jogo está evoluindo a cada rodada. “Estou muito feliz de estar na semi”, disse Thiago, que vem de 13 vitórias consecutivas em torneios challenger disputados em quadra dura e dois títulos, São Paulo e Guadalajara.

Favorito, Capdeville venceu o argentino Renzo Olivo por fáceis 6/2 e 6/1. “Estou contente com meu rendimento ao longo da semana”, disse o chileno. Collarini, que joga pelos Estados Unidos, saiu do quali e garantiu a vaga na semi ao derrotar Guido Andreozzi por 7/6 (4) e 6/0.

Thiago também está na semifinal de duplas ao lado de Augusto Laranja. A dupla venceu nesta quinta-feira os brasileiros Ricardo Mello e Júlio Silva por duplo 6/3. E agora enfrentará a dupla brasileira Tiago Fernandes/André Ghem, que venceu os argentinos Andres Molteni e Renzo Olivo por 7/5, 2/6 e 10-3. O outro confronto de duplas será entre Guido Andreozzi/Marcel Felder e Fabiano de Paula/Duilio Beretta.

Fonte: Try Sports

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *