Cruzeiro perde para Atlético-PR, por 2 a 1 e é eliminado da Copa do Brasil

Roger é expulso após receber segundo cartão amarelo

Roger é expulso após receber segundo cartão amarelo

O Cruzeiro perdeu para o Atlético-PR, por 2 a 1, na noite desta quarta-feira (9), na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Com o resultado, a Raposa se despediu da Copa do Brasil. A equipe agora passa a pensar no Campeonato Brasileiro, competição em que tem estreia marcada para o dia 20 de maio, contra o Atlético-GO, no estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia.

O jogo

A equipe cruzeirense começou o jogo em alta velocidade, esbanjando disposição. Aos quatro minutos, Renan foi desarmado na intermediária do Atlético-PR. A bola ficou com Anselmo Ramon, que chutou de fora da área, e o goleiro Rodolfo encaixou bem. Dois minutos depois, novo ataque da Raposa. Wellington Paulista invadiu a área, marcado de perto por Bruno Costa. O atacante caiu na área, mas, mesmo no chão, fez o cruzamento rasteiro para o meio da área. A defesa adversária afastou o perigo.

Aos nove minutos, boa trama do ataque do Cruzeiro. A jogada começou no campo de defesa, com Léo desarmando Liguera. Leandro Guerreiro carregou e tocou para Roger, que lançou Anselmo Ramon. Este tocou na esquerda, para Marcelo Oliveira, que tabelou com Wellington Paulista. O atacante limpou e arriscou o chute, mas a bola foi para fora.

O meia Souza, aos 17min, foi derrubado na entrada da área. Falta. Ele mesmo cobrou, mas mandou a bola na barreira duas vezes.Cinco minutos depois, Everton fez boa jogada pela esquerda, mandou a bola entre as pernas de Deivid, mas foi derrubado. Na cobrança da falta, a bola foi alçada na área, mas a arbitragem marcou falta do ataque.

Aos 25min, Guerrón foi lançado, a defesa do Cruzeiro parou pedindo impedimento, mas o atacante do Atlético-PR entrou sozinho e tocou na saída de Fábio.O Cruzeiro levou perigo aos 34min, quando Souza encheu o pé e Rodolfo fez grande defesa. No minuto seguinte, Roger, que já tinha recebido cartão amarelo, recebeu outro amarelo por simulação e foi expulso.

O Cruzeiro pressionava e, após escanteio cobrado por Everton, pela direita, Anselmo Ramon desviou e a bola se perdeu. Wellington Paulista tentou alcançar e foi derrubado por Patrick. Pênalti. O atacante cobrou forte e empatou o jogo: 1 a 1.

O gol incendiou a Torcida cruzeirense na Arena do Jacaré. Aos 41, Marcelo Oliveira lançou Wellington Paulista que, mesmo desequilibrado, tentou o chute e mandou a bola por trás do gol de Rodolfo.Três minutos depois, Leandro Guerreiro arriscou um chute de fora da área. A bola chegou a tocar no travessão do gol de Rodolfo antes de se perder pela linha de fundo.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou para campo sem modificação. Aos nove minutos, Wellington Paulista curtiu uma de ponta direita, passou por Bruno Costa e foi derrubado. Falta. Na cobrança de Souza, para a área, a defesa afastou. Aos 14min, Guerrón contra-ataque para o Atlético-PR e tocou para Liguera, que bateu cruzado e fez 2 a 1 para os visitantes.

Em seguida, a alteração preparada por Vágner Mancini foi processada. Saiu Diego Renan e entrou o atacante Wallyson. Aos 24, saíram Anselmo Ramon e Souza para a entrada de Walter e Charles, respectivamente.

Aos 34min, o Atlético-PR quase ampliou. Após bola cruzada da direita, Bruno Mineiro, cara a cara com Fábio, mandou por cima do gol.

CRUZEIRO 1 X 2 ATLÉTICO-PR

Motivo: jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
Data: 09/05/2012 (quarta-feira)
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Gols: Guerrón, aos 25min; Wellington Paulista, aos 39min do primeiro tempo; Liguera, aos 14min do segundo tempo

CRUZEIRO
Fábio; Diego Renan, Alex Silva, Léo e Everton; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Souza (Charles) e Roger; Anselmo Ramon (Walter) e Wellington Paulista
Técnico: Vágner Mancini

ATLÉTICO-PR
Rodolfo; Cleberson, Manoel, Bruno Costa e Héracles; Renan (Alan Bahia), Deivid, Liguera e Zezinho (Pablo); Guerrón e Patrick (Bruno Mineiro)
Técnico: Juan Carrasco

Cartões amarelos: Roger, Souza (Cruzeiro); Renan, Zezinho, Patrick, Guerrón (Atlético-PR)
Cartão vermelho: Roger (Cruzeiro)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *