Com três gols de Neymar, Santos elimina São Paulo

Neymar marcou três gols, sendo um de pênalti

Pelo terceiro ano consecutivo, o Santos FC eliminou o São Paulo na semifinal do Campeonato Paulista. Neymar fez os três gols da vitória por 3 a 1, neste domingo (29), no Morumbi. Com o resultado, o Peixe fará sua quarta final seguida, contra o Guarani.

Kardec foi o responsável pelo lance que o originou o primeiro gol do Peixe, logo aos três minutos. Após boa trama do ataque santista, o centro avante foi derrubado por Paulo Miranda na área. Na cobrança do pênalti, Neymar bateu bem e converteu seu 100º gol com a camisa do Santos FC.

Atrás no placar, o São Paulo equilibrou o jogo. Aos 10 minutos, Paulo Miranda aproveitou cruzamento da esquerda, se antecipou ao goleiro Rafael e acertou a trave. Aos 21, após boa trama de ataque tricolor, Casemiro bateu cruzado de fora da área e mandou para fora por pouco.

O São Paulo tentava imprimir velocidade ao jogo, chegava com perigo, mas aos 31 minutos, Neymar fez a diferença mais uma vez e marcou o segundo gol do Peixe. Rhodolfo cortou mal e bola sobrou nos pés de PH Ganso. O meia deu ótimo passe para Neymar, que ganhou na corrida de Paulo Miranda e tocou na saída de Denis. Assim, o camisa 11 santista chegou ao 101º gol, e igualou se igualou a Juary na lista de artilheiros da história do clube. Na comemoração, o jovem jogador da seleção brasileira imitou a comemoração do ex-santista, correndo em torno da bandeirinha de escanteio.

Após o segundo gol santista, os ânimos se exaltaram. Neymar e Piris travavam um duelo particular. Após levar três dribles do atacante santista, o lateral tricolor fez falta violenta e levou o cartão amarelo. No final do primeiro tempo, o camisa 11 do Peixe quase marcou mais um. Recebeu na direita, dominou no peito e tentou chute colocado, de pé esquerdo. Denis fez boa defesa. Assim, a primeira etapa terminou com a vitória parcial do Santos FC por 2 a 0.

Após o intervalo, Emerson Leão fez duas alterações no São Paulo. Fernandinho entrou na vaga de Jadson, enquanto Rodrigo Caio substituiu Piris na função de marcar Neymar.

Apesar da tentativa de pressão do São Paulo, foi o Santos que teve a primeira chance clara do segundo tempo. Alan Kardec puxou contra-ataque, saiu de dois e chutou. No rebote do goleiro Dênis, Neymar ficou livre para marcar, mas foi atrapalhado por Rodrigo Caio e acertou a trave.

Aos 10 minutos, o goleiro Rafael, que havia tido uma contusão no joelho ainda no início do primeiro tempo, não conseguiu continuar na partida e foi substituído por Aranha. Dois minutos depois, o Peixe marcou, mas o árbitro anulou. Elano cruzou da direita, Edu Dracena escorou para o meio da área e Alan Kardec completou para o gol. Mas Paulo Cesar de Oliveira marcou falta do atacante santista.

E com um gol irregular, o São Paulo descontou. Casemiro deu passe para Willian José, que dentro da grande área e impedido, girou e bateu cruzado. O São Paulo seguia pressionando, mas Neymar marcou mais uma vez. O atacante recebeu de costas para o gol, girou e chutou forte, no meio da meta. Denis tentou fazer a defesa em dois tempos e deixou bola entrar.

Após o gol santista, o São Paulo diminuiu o ímpeto ofensivo e ainda teve Cícero expulso. Assim, o Peixe eliminou o São Paulo na semifinal do Paulistão pelo terceiro ano consecutivo e fará sua quarta decisão estadual seguida.

Site Oficial do Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *