Três suspeitos de roubo morrem e um fica ferido durante troca de tiros com a PM

Três suspeitos de roubo foram mortos e um menor ficou ferido durante uma troca de tiros com a Polícia Militar na noite desta sexta-feira, 15 de agosto, na BR-365, próximo ao Bairro Congonhas, em Patrocínio.

De acordo com informações da PM, quatro suspeitos ocupando um veículo com placas de Patrocínio roubaram uma fazenda na região de Macaúbas de Cima.  Os bandidos levaram um carro Gol, R$ 1.500 em dinheiro e duas armas de fogo calibre 12 e 36.

Durante o assalto, uma pessoa conseguiu acionar a Polícia Militar que montou um cerco e bloqueio nas proximidades do distrito de Silvano. Ao deparar com os militares, os quatro suspeitos fugiram no veículo, mas foram perseguidos pelos policiais até a BR-365, que estava com fluxo intenso de veículos que iam e voltavam de Romaria.

Os criminosos conseguiram furar dois bloqueios da PM, mas para tentar interceptar o veículo, a Polícia Militar parou o tráfego na rodovia. Ao perceberem que não haveria saída entre os bairros Amir Amaral e Congonhas, os suspeitos iniciaram uma troca de tiros com os militares.

Durante o tiroteio, quatro suspeitos que estavam no carro foram atingidos e duas viaturas foram alvejadas. Três suspeitos foram baleados e morreram. Maicon Júnior de Sousa, de 20 anos, de Patrocínio tinha passagem por homicídio; Romário Barbosa Silva, 22 anos, natural de Matias Cardoso tinha passagem por tráfico de drogas e o terceiro ainda não havia sido identificado.

O adolescente de 15 anos foi socorrido.

Patrocínio Online

2 respostas a Três suspeitos de roubo morrem e um fica ferido durante troca de tiros com a PM

  1. Marcelo soares disse:

    E uma pena ver pessoas tao jovens mortas.Mas esse foi o caminho que eles escolheram e a vida do crime só tem dois caminhos cadeia ou caixão meus sentimentos aos familiares e meus parabéns aos policiais que agiram com muita presteza….

    • edilaine disse:

      olha quem e vcs pra postar alguma coisa sobre eles vcs nao estao no meu lugar bandido ou nao era meu irmao mas deus vai faser justica pois eses policiais do capeta tiraram a vida deles por preconceito com o bairro bando de pm safadao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *