Idosa de 82 anos morre carbonizada em meio a entulhos em casa

Mais uma morte provocada por incêndio em residência foi registrada em Uberlândia em menos de uma semana. Na noite desta terça-feira (17) uma idosa de 82 anos morreu carbonizada dentro da própria casa, no Bairro Santa Mônica, zona leste da cidade. A ocorrência foi registrada pouco antes das 21h. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima acumulava entulhos e materiais recicláveis, altamente combustíveis, dentro e no quintal de casa.

Segundo dois vizinhos, ela morava sozinha e juntava entulhos para produzir artesanatos para a Paróquia do bairro. O quarteirão precisou ser isolado e a casa corria risco de desabamento. Após as chamas serem debeladas, ao corpo de Manoela Martins da Silva, de 81 anos, foi localizado em meio à destruição, em um cômodo nos fundos.

As causas do incêndio ainda serão apuradas. Os bombeiros encontraram dois botijões de gás, sendo um deles estava vazando devido a alta temperatura. A situação foi controlada e os botijões resfriados com água.

De acordo com o tenente Gustavo Falcão, dos bombeiros, o acesso até o local foi difícil. “Ela fazia um acúmulo muito grande de material combustível, madeira, plástico, tecidos, o que contribuiu para que as chamas se alastrassem com maior facilidade.” Havia ainda entulhos, papelão e isopor.

Outro vizinho informou que Manoela juntava objetos na rua e levava para casa. Ele disse que a vítima tem dois sobrinhos na cidade. Nossa equipe não conseguiu contatá-los a princípio. O corpo da idosa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Na semana passada, dia 12/9, outra idosa também morreu queimada dentro de casa, no bairro Shopping Park. Célia de Jesus Silva tinha 78 anos. A suspeita é de que o incêndio tenha começado a partir de um curto circuito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *