É Natal na Seleção Brasileira de futebol feminina

Na sexta-feira após a derrota para o México, as jogadoras e integrantes da comissão técnica da Seleção Feminina tiveram uma grande felicidade: ver sorrisos nos rostos das crianças da comunidade do Vietnã, uma das mais violentas de São Paulo, localizada na Vila Santa Catarina, em Jabaquara.

As quinze crianças, acompanhadas dos responsáveis da Associação Conquistando Um Espaço e do Instituto Cartão Vermelho, chegaram ao hotel Golden Tulip para conhecerem as jogadoras e receberem seus presentes de Natal antecipadamente.

A ideia da doação surgiu de uma conversa entre a capitã Bagé e Aline Pellegrino. As duas conversaram no início da concentração e mobilizaram as companheiras e os integrantes da comissão técnica a doar uma quantia para que pudessem comprar os presentes para as crianças./

João das Virgens e Célia Batista, que cuidam da associação da comunidade, estavam muito emocionados e contentes com a atitude das jogadoras.

– Queria agradecer muito a vocês por estas doações, é muito bom ver a alegria nos rostos destas crianças – agradeceu João.

Valter Ribas, Gleice Silvestre e o árbitro Rodrigo Bragheto, responsáveis pelo instituto Cartão Vermelho, abraçaram a causa da associação, que não tem apoio do governo.

– Nós apadrinhamos a associação da comunidade do Vietnã, procuramos mostrar a essas crianças e adolescentes uma realidade diferente da que eles têm, através principalmente do esportes – explicou Valter.

Depois da entrega dos presentes, as jogadoras aproveitaram o tempo livre para brincar com as crianças.

– É muito bom poder compartilhar esse momento com eles – completou a capitã Bagé.

CBF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *