Veterinário é condenado por matar estudante de psicologia há 13 anos

Condenado por matar estudante com tiro em 2003Após mais de 10 horas de julgamento no Fórum Abelardo Penna, em Uberlândia, o médico veterinário Daniel Alexander Pereira da Cunha foi condenado a 13 anos de prisão em regime fechado pela morte da ex-namorada Elisângela Aparecida Oliveira Araújo, de 23 anos.

Para o júri, o caso se tratou de homicídio doloso, com a intenção de matar, duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Elisângela Aparecida Oliveira

Elisângela Aparecida Oliveira

O crime aconteceu no dia 27 de setembro de 2003, no Bairro Saraiva, ou seja, 13 anos atrás. Na época, a jovem era estudante de psicologia e Daniel estudante de veterinária. Os dois tinham três anos de relacionamento.

Segundo o promotor Sílvio Fausto, a promotoria achou a pena branda e vai recorrer para que seja aumentada para de 15 a 16 anos de reclusão. Para a mãe da vítima, Terezinha Lázara Oliveira, a justiça não foi feita como ela queria, pois ela perdeu uma filha e o criminoso estará em liberdade breve. “Ele tirou o sonho dela e acabou com toda a nossa família”, disse.

Daniel foi condenado a 13 anos em regime fechado

Daniel foi condenado a 13 anos em regime fechado

O advogado de defesa, Roberto Pioli, que manteve a teoria de disparo acidental, já recorreu da sentença. Sete jurados, quatro mulheres e três homens, participaram do júri popular.

De acordo com a polícia, na época do crime, na casa de Daniel foram apreendidas uma carabina, duas pistolas, uma espingarda, três facas de caça e dois revólveres, inclusive o de calibre .38 do qual saiu o tiro que matou Elisângela.

A posição do revólver foi a qualificadora para descartar a hipótese de tiro acidental.

Com informações de Léo Soares e Léo Carvalho

5 respostas a Veterinário é condenado por matar estudante de psicologia há 13 anos

  1. JOÃO NETO disse:

    SERÁ QUE ELE IRÁ CUMPRIR O QUE MANDA A LEI, PELO MENOS UM TERÇO DA PENA, OU O TEMPO DE CONDENAÇÃO APLICADA AO REU, QUE É IGUAL AO TEMPO EM QUE DEMOROU PARA O JULGAMENTO, NÃO VAI TERMINAR EM PIZZA E ELE VAI AO PRESIDIO APENAS PARA ASSINAR O TERMO E VOLTAR A SAIR PELA PORTA DA FRENTE E TUDO CAIR NO ESQUECIMENTO.

  2. JOÃO NETO disse:

    (De acordo com a polícia, na época do crime, na casa de Daniel foram apreendidas uma carabina, duas pistolas, uma espingarda, três facas de caça e dois revólveres, inclusive o de calibre .38 do qual saiu o tiro que matou Elisângela.)COM UM ARSENAL DESTE, ESTA FIGURINHA ESTAVA PREPARADA PARA UM TIRO ACIDENTAL OU UMA GUERRA DESIGUAL ENTRE ELE E SUA ÚNICA VITIMA INDEFESA???

  3. Jc disse:

    DEVE ESTAR RINDO DA JUSTIÇA DO BRASIL.
    ELE A MATOU HÁ EXATOS 13 ANOS, E FOI CONDENADO A 13 ANOS DE PRISÃO ?
    O ADVOGADO DELE VAI PRA GALERA !!!

  4. DEXTER disse:

    SÓ DEUS NA CAUSA – DEPOIS O DEXTER RESOLVE AQUI NA TERRA.

  5. C M Cardoso disse:

    Creio que todos temos que arcar com as cosequencias de nossos atos. Mas o Daniel não é esse monstro que está parecendo pelo contrário, conheço poucas pessoas com o coração do tamanho do dele. É muito complicado apontar o dedo na cara e julgar vamos sempre pensar pelos dois lados da situação e julgar menos. todo ser humano está passivo de cometer erros sendo bobos ou sendo graves. O que resta agora são as palavras justiça, arrependimento e perdão.

Deixe uma resposta para DEXTER Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *