Homem que matou e estuprou idosa de 74 anos é condenado a 27 anos de prisão

Lorismar ouviu a sentença com tranquilidade (Imagem: Romens Almeida)

Lorismar ouviu a sentença com tranquilidade (Imagem: Romens Almeida)

O tribunal do júri de Uberlândia condenou na tarde desta quinta-feira, 21, o réu Lorismar de Sousa Santos, de 40 anos, pelo estupro seguido de assassinato de uma idosa de 74 anos de idade. O acusado pegou 27 anos de prisão em regime fechado. A defesa não vai recorrer.

A condenação por estupro e homicídio duplamente qualificado foi decorrente do crime aconteceu no dia 18 de dezembro de 2015, quando Miltes Rogélio, de 74 anos, foi violentada e morta dentro da casa dela, no Bairro Cazeca.

Uma tragédia que assustou os vizinhos da vítima, como foi registrado pelo jornalismo da tv vitoriosa. A idosa foi amarrada e asfixiada, sem chances de defesa, e deixada nua.

O julgamento no fórum Abelardo Penna durou menos de 4 horas. Cinco testemunhas foram ouvidas e Lorismar prestou depoimento. Mesmo tendo confessado o crime anteriormente, confissão esta lida pelo juiz durante a sessão, no julgamento ele negou tudo.

O réu ouviu a pena com tranquilidade sob protestos de amigos e parentes de Miltes Rogélio.

Além do estupro e homicídio duplamente qualificado, o juiz ainda acrescentou à pena mais dois agravantes, pela morte ter sido por asfixia e sem chances de defesa da vítima.

No dia do crime, a casa foi deixada revirada. A PM analisou imagens de uma câmera de segurança próxima e Lorismar foi preso dois dias depois do crime. Ele é usuário de drogas e tem passagem por roubo. Ao ser preso ele estava com a chave da casa da idosa, além de panelas e um guarda-chuva.

2 respostas a Homem que matou e estuprou idosa de 74 anos é condenado a 27 anos de prisão

  1. Josiane alves disse:

    So corrigido eu sou da família e ele foi preso minutos depois apos o crime…

  2. Dani disse:

    Se esse fosse um país sério esse aí já tinha ido pra cova! Mas, como não é, ele será bem alimentado, terá tratamentos na área de saúde, e com toda proteção dos direitos dos manos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *