Vigilante bate martelo na UAI, agride acompanhantes e repórter da TV Vitoriosa

Leo Carvalho

Vigilante agride repórter e acompanhantes de pacientesPor volta de 1h da madrugada de segunda-feira, 11 de abril, uma vigilante da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Tibery agrediu verbal e fisicamente acompanhantes de um paciente que estava internado. O repórter Léo Carvalho, da TV Vitoriosa, que filmava a atitude dela com o celular também foi alvo da mulher.

A segurança estava batendo martelo na porta de entrada da unidade, que é de metal, para consertar os tampões de lata que momentos antes haviam sido arrancados por um rapaz revoltado com a demora no atendimento.

A acompanhante de um paciente foi cobrar da funcionária que não fizesse barulho aquela hora da madrugada, pois havia pacientes enfermos e era tarde. A mulher teria respondido: “eu faço o que eu quero”, e deu uma ‘peitada’ na acompanhante.

A atitude da vigilante revoltou as pessoas que estavam no local. O repórter Leo Carvalho estava no local e foi questioná-la gravando tudo com o celular. A mulher arrancou o aparelho das mãos do jornalista e pediu aos atendentes para chamarem a polícia para ele.

Outro paciente que aguardava atendimento na sala de espera também gravou o ataque de fúria da mulher. Thiago Melaço é funcionário público e conversou com nossa equipe, revoltado com a situação. Veja o vídeo:

 

8 respostas a Vigilante bate martelo na UAI, agride acompanhantes e repórter da TV Vitoriosa

  1. Ra disse:

    Vou chama a polícia pro cê…. Uberlandense caipira do caralho..acha que carrega essa bosta de cassetete na cintura acha que é gente sua escrita…fosse eu ia leva um murro na na cara igual homem..

  2. luiz disse:

    Respeita a puliça rapa. Todos nós sabemos que estes vigilantes pensam que são policiais, principalmente se for agente penitenciarios, ai sim pensam que são policiais federais, e ai abusam de todo humilde que aparece.

  3. Allyson disse:

    Cadê a agressão, vim aqui só pra vê a agressão e não teve nada, acho que o título está errado.
    Ela estava arrumando a porta nesse horário pq?
    O repórter tava filmando dentro da unidade, como assim já pode filma sem autorização?
    O repórter coloco à filmagem sem autorização?
    Tô vendo um monte de irregularidades aí é não vejo os repórteres indo lá resolver, está parecendo que o repórter está querendo algo mais com essa última pergunta dele? É isso mesmo produção?

  4. Douglas disse:

    Por isso sempre digo, a vantagem da mão de obra terceirizada é poder demitir um funcionário ruim como este sem nenhuma complicação jurídica ao contratante.

    Essa visitante já deve estar no olho da rua numa hora dessas!!

    Parabéns a equipe da TV vitoriosa pelo trabalho.

    A melhor parte foi o pulo do gato do repórter no celular que estava ” tomado ” pela vigilante maluca.

  5. Allyson disse:

    Eu escrevi um comentário KD que não está aparecendo?
    Foi deletado?

  6. Amanda disse:

    Acredito que não tenha agressão porque só perceberam que a situação estava se agravando após tentativas de sessar o barulho, como percebemos o repórter e um outro paciente começaram a filmar depois.. espero que providências tenham sido tomadas contra essa laranja podre.
    Parabéns Léo Carvalho! Parabéns a esse cidadão que mostrou o rosto em defesa de um estranho!
    Parabéns TV VITORIOSA por dedicar um espaço tão grande em um horário de ibope. E aí autoridades?? Fizeram alguma coisa??

  7. Marina disse:

    Achei extremamente sensacionalista esse título falando que a “vigilante bate martelo em UAI” ficou bem pretencioso pq faz parecer que ela estava batendo martelo porque queria,mas ela estava arrumando uma porta que um idiota havia quebrado, se ela estava arrumando é porque tinha que ser feito esse reparo, e outra vcs falam dos funcionários que eles não tem educação e etcs, mas vão ficar nessas unidades de saúde pública trabalhando por um dia para ver como eles são tratados pelo pacientes e afins. É um povinho sem educação vcs não tem ideia, vão em hospital particular fica a tarde inteira com a bunda na cadeira esperando um atendimento calado, mas no público tem que ser tudo na hora e com o melhor atendimento vip.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *